Câncer de ovário é de 2 tipos: um afeta jovens e o outro mulheres com mais de 40

tumor cancer ovario 0619 1400x800
BlueRingMedia/Shutterstock

O câncer de ovário é o segundo tumor feminino mais comum, atrás apenas do câncer do colo do útero, segundo o Inca. É também o mais difícil de ser diagnosticado e pode atingir mulheres jovens ou maduras - seus tipos variam de acordo com a idade.

Câncer de ovário: chances de cura

Pela dificuldade de identificar os sintomas, o câncer de ovário está entre os mais perigosos e com menor chance de cura. De acordo com o Icesp (Instituto do Câncer do Estado de São Paulo), 70% das pacientes chegam aos hospitais com a doença em estágio avançado.

A ginecologista Angélica Nogueira, estima que até 80% das pacientes não passam de cinco anos de vida após a descoberta do câncer de ovário, pois as chances de cura dependem de um diagnóstico precoce.

cancer ovario utero 0619 1400x800
BlueRingMedia/Shutterstock

Tipos de câncer de ovário

A médica lembra que a doença pode ser dividida em dois tipos: "O câncer de ovário germinativo é mais comuns nas jovens, enquanto o epitelial acomete mulheres com mais de 40 anos", explica.

Os tumores germinativos, que começam nas células que produzem os óvulos, são considerados menos graves. Segundo o site especializado do Instituto Oncoguia, menos de 2% dos cânceres de ovário são deste tipo.

Já o câncer epitelial, que é mais comum após os 40 anos, se desenvolve a partir das células que cobrem a superfície externa do ovário. A maioria é benigno, mas a os tumores malignos só se manifestam em estágio avançado.

ovarios sistema reproduto ovulos 0719 1400x800
Nerthuz/Shutterstock

Sintomas

O câncer de ovário é uma doença silenciosa, e muitos de seus sintomas podem ser confundidos com crises gastrointestinais: vontade de urinar toda hora, inchaço anormal do abdômen, enjoo, perde de apetite e dor na região pélvica estão entre eles.

Para a ginecologista Angélica Nogueira, quem tem histórico de câncer na família e sente alguns destes sintomas "misteriosos" por mais de uma semana deve procurar uma opinião médica.

Câncer de ovário: inimigo discreto