Cor do corrimento diz muito sobre sua saúde: marrom, amarelo, esverdeado e rosa

calcinhas roupa intima 0519 1400x800
tristan tan/Shutterstock

Ao notar que algo diferente vazou na calcinha, muitas mulheres preferem nem saber o que é. Mas pode ser o organismo tentando mandar um sinal de alerta. Dependendo da cor, do cheiro e da textura, cada corrimento vaginal tem o seu significado.

Alguns deles são normais e indicam que a mulher está saudável. Neste caso, o nome correto é secreção vaginal. É um fluido que pode ser incolor ou esbranquiçado, com textura aquosa. Não traz nenhum tipo de odor ou irritação.

Tipos de corrimento vaginal

Caso o vazamento apresente qualquer outra coloração que não seja transparente ou esbranquiçada, pode ser sinal de algo mais grave. A ginecologista Luciana Deister explicou em seu Instagram o que a cor do corrimento vaginal quer dizer sobre sua saúde:

  • Marrom ou cor de sangue escuro: Pode ser sinal de câncer do endométrio, ou apenas uma irregularidade no ciclo menstrual.
  • Amarelo semelhante ao pus: É a característica típica do corrimento causado pela gonorreia.
  • Amarelo esverdeado com bolhas e mau cheiro: Sintoma da tricomoníase, uma das infecções sexualmente transmissíveis mais comuns em mulheres.
vagina corrimento cheiro ruim 0818 1400x800
Siriluk ok/Shutterstock
  • Amarelo acinzentado fluido, com odor forte: Pode indicar vaginose bacteriana, que é a concentração excessiva de bactérias na vagina.
  • Branco esverdeado espesso: É o sinal da famosa candidíase, infecção vaginal causada por fungos.
  • Rosa: Fluxo vaginal pós-parto, comum nos primeiros dias do puerpério.

Ao identificar alguma dessas cores, marque uma consulta ginecológica e observe as características do corrimento, que serão importantes para facilitar o diagnóstico. Para a Dra. Luciana Deister, é uma questão de conhecer o próprio corpo e prestar atenção aos seus sinais.

View this post on Instagram

🚺 SEMPRE falo para as minhas pacientes e amigas que nós, mulheres, devemos conhecer nosso corpo e observá-lo porque é dessa observação que conseguimos ter uma noção se está tudo fluindo bem ou não. No nosso caso, é importante olhar, tocar e cheirar nossos fluidos vaginais, sem nojo e sem julgamento, para aprendermos diferença entre secreção e corrimento vaginal e, o mais importante, a identificar sinais que podem indicar uma infecção. Então vamos lá: ⠀ 👍🏻 A SECREÇÃO VAGINAL é um fluido NATURAL do organismo feminino, proveniente de glândulas, da descamação das células vaginais e da flora vaginal, protegendo naturalmente a #vagina contra infecções, mantendo o pH e a #lubrificação adequada. É incolor ou esbranquiçado com textura mais aquosa ou pegajosa, dependendo da fase do ciclo menstrual, sem odores nem sintomas atípicos, como irritações ou coceiras. Com a secreção, você não deve se preocupar, apenas observar para se conhecer e até mesmo saber em qual fase do seu #ciclomenstrual você se encontra (principalmente as mulheres que não fazem uso de anticoncepcionais hormonais, como a pílula). ⠀ 👎🏻 Já o CORRIMENTO VAGINAL (leucorréia) tem coloração (como mostra a imagem), odor diferente e mais forte que o habitual e sintomas como ardência, coceira ou desconforto ao urinar. Geralmente ocorrem por algum processo infeccioso por contato (incluindo relações sexuais desprotegidas), alterações na #microbiota vaginal e intestinal (como a #candidíase), ou até mesmo pelo uso constante de roupas que abafem a região e propiciem a proliferação de #bactérias patogênicas e fungos. Esses sim devem ser tratados junto ao ginecologista, e quanto mais cedo você comunicar ao seu médico, mais rápido o tratamento irá surtir efeito e menos incômodos você terá! ⠀ 🚺 Lembrando que, como cada corpo é um #corpo, a secreção vaginal também varia de mulher para mulher: algumas apresentam secreção mais abundante e isso não significa nenhuma anormalidade no organismo, são apenas particularidades, ok? ⠀ 🚺 Em caso de dúvidas sobre o seu padrão de secreção ou se apresentar alterações que sugiram um corrimento (e algum processo infeccioso), consulte seu #ginecologista e, claro, coloque os aprendiza

A post shared by Luciana Deister (@dra.lucianadeister) on

Dúvidas sobre corrimento e secreção vaginal