mulher

Mancha branca no rosto: o que pode ser se uma dessas surgiu em você?

mancha branca rosto 0519 1400x800
shurkin_son/Shutterstock

Quando muito pequenas e pouco aparentes, manchas brancas no rosto podem acabar sendo ignoradas e apenas disfarçadas com cosméticos. A condição, no entanto, deve ser investigada, diagnosticada e tratada da maneira correta para evitar que aumentem de tamanho ou resultem em um problema maior de saúde.

Manchas brancas no rosto: causas

O surgimento de manchas brancas no rosto, de diversos tamanhos, pode ser causado por uma infecção por fungos, exposição excessiva ao sol ou mesmo uma doença mais séria, como vitiligo.

Manchas brancas de tamanhos variados

mancha branca pele 0519 1400x800
shurkin_son/Shutterstock

Manchas brancas no rosto, de tamanho variado, mas distribuição característica, podem indicar vitiligo, uma doença caracterizada pela perda da coloração da pele. De acordo com a Sociedade Brasileira de Dermatologia, as lesões se formam devido à diminuição ou à ausência de células responsáveis pela formação da melanina nos locais afetados.

As causas da doença ainda não estão claramente estabelecidas, mas fenômenos autoimunes parecem estar associados à condição que, além do rosto, pode afetar outras partes do corpo.

Mancha com descamação

rosto pele 1400x800 0319
Voyagerix/shutterstock

Manchas brancas no rosto que podem ser acompanhadas por descamação normalmente são causados por pitiríase versicolor, um tipo de micose, ou seja, infecção provocada por fungos que atingem a pele.

Exemplo de micose superficial, a pitiríase versicolor é muito comum entre jovens e pessoas com pele oleosa. Também conhecida como micose de praia ou pano branco, tem evolução crônica e recorrente. A condição é caracterizada por manchas brancas, descamativas, que podem estar agrupadas ou isoladas. Além da região do rosto, pode afetar parte superior dos braços, tronco e pescoço.

Manchas brancas que parecem sardas

olhos sardas jovem 1217 1400x800
Irina Bg/shutterstock

Manchas brancas, arredondadas e pequenas (geralmente de 2 a 5 mm de diâmetro) podem ser sinal de leucodermia gutata, ou leucodermia solar, que surgem no rosto, antebraços e outras áreas que ficam muito expostas ao sol.

Popularmente chamada de sarda branca, a leucodermia gutata é resultado do dano cumulativo causado pelos raios ultravioleta ao longo da vida.

Mancha branca no rosto: como tratar ou tirar?

O tratamento e/ou possível remoçar das manchas brancas no rosto varia de acordo com a condição causadora.

Remédios

pilula anticoncepcional remedio 0419 1400x800
Fresja/shutterstock

No caso de vitiligo, uma doença sem cura, o paciente pode ser orientado a fazer uso de medicamentos que induzem à repigmentação das regiões afetadas, como tacrolimus derivados de vitamina D e corticosteroides.

A micose do tipo pitiríase versicolor pode ser tratada com medicamentos antifúngicos tópicos ou orais, indicados pelo dermatologista.

Tratamentos com laser

tratamento laser 1400x800 0317
George Rudy/shutterstock

O uso de lasers, crioterapia com nitrogênio líquido e dermabrasão pode ser indicado no caso de leucodermia gutata. Os tratamentos têm como objetivo recuperar a coloração da pele.

Manchas no rosto