Alimentação ajuda no combate à depressão: 6 estratégias que podem ser aliadas

suco morango melancia 1218 1400x800
Alena TS/shutterstock

A depressão é caracterizada, basicamente, por um quadro constante de tristeza intensa que surge aparentemente sem razão. Falta de prazer nos afazeres do dia a dia ou mesmo em atividades de lazer, desesperança, apatia e cansaço são apenas alguns dos vários sintomas da condição.

A depressão é uma doença que não possui cura definitiva, mas que pode ser tratada e ter seus sintomas controlados, garantindo assim uma vida comum ao paciente. Uma forma simples de combater o problema é cuidando da alimentação. Conheça estratégias e comidas que ajudam a tratar a depressão, segundo o Ministério da Saúde:

Alimentos que ajudam a combater depressão

mulher abacate maos 1218 1400x800
Albina Glisic/shutterstock

1. Inclua no cardápio frutas que são fonte de triptofano, aminoácido que ajuda na produção de serotonina. Consuma, de três a cinco porções por dia, de opções como melancia, abacate, mamão, banana, tangerina e limão.

2. Laranja e maçã são outras duas frutas que devem estar na dieta de quem sofre de depressão. Ambas são ricas em ácido fólico, que está associado à menor prevalência de sintomas depressivos. A laranja, especificamente, é rica em vitamina C, que promove bom funcionamento do sistema nervoso, garante energia, ajuda a combater o estresse e previne a fadiga.

ovos cozidos casca 0319 1400x800
Africa Studio/Shutterstock

3. Consuma um ovo por dia. O alimento possui vitaminas do complexo B, que colaboram com o bom humor e podem afastar os sintomas de depressão.

4. Castanha-do-pará é excelente fonte de selênio, que é um poderoso agente antioxidante que pode ajudar na redução do estresse. O mineral pode ainda ser encontrado em nozes e amêndoas.

mel 0319 1400x800
Africa Studio/Shutterstock

5. Alimento estimulante que ajuda na produção de serotonina, neurotransmissor responsável pela sensação de prazer e bem-estar, o mel também é indicado para quem sofre de depressão.

6. Consuma diariamente leite e iogurte desnatado, que são fontes ricas de cálcio, mineral que elimina a tensão e ajuda a afastar a depressão, além de atuar na redução e no controle do nervosismo e da irritabilidade.

alimentacao saudavel casal 0119 1400x800
fizkes/Shutterstock

É importante ressaltar que uma dieta equilibrada funciona apenas como medida complementar para minimizar os efeitos da depressão, já que pode ajudar diretamente na produção da serotonina, que melhora o humor e combate os sintomas da doença.

A adoção de bons hábitos alimentares, sozinha, não pode ser encarada como única medida para tratar o problema, que deve contar com acompanhamento profissional, uso de medicamentos específicos e terapia.

Como combater a depressão