Trombose comum em viagem pode ser confundida com dor muscular: veja as diferenças

trombose pernas veias 0917 1400x800
chombosan/shutterstock

Sentir dores nas pernas depois de uma longa viagem de avião parece normal por causa do cansaço, mas é um sintoma que merece atenção e talvez indique algo mais grave. Ficar sentado na mesma posição por muito tempo favorece a ocorrência de trombose venosa profunda (TVP), doença que pode até matar.

Este tipo de trombose leva ao surgimento de coágulos sanguíneos nas paredes dos vasos mais profundos das pernas, que ficam com a circulação comprometida durante uma viagem. Este coágulo, também chamado de trombo, pode se deslocar para o pulmão e causar uma embolia pulmonar, que muitas vezes é fatal.

Como diferenciar trombose e dor muscular

mulher dor perna 0419 1400x800
poylock19/Shutterstock

Para saber se a dor no corpo depois de uma viagem pode ser sinal de trombose venosa profunda, é preciso observar se ela ocorre junto com outros sintomas que caracterizam a formação de coágulos nas veias dos membros inferiores.

Segundo o angiologista Ricardo Brizzi, em casos de TVP, a dor vem acompanhada de calor, inchaço e vermelhidão na pele. Ao notar estes sintomas junto com dores estranhas nas pernas, deve-se procurar atendimento médico com urgência.

Dicas para viajar

mulher viagem aviao 0419 1400x800
Matej Kastelic/Shutterstock

Segundo a Sociedade Brasileira de Angiologia e Cirurgia Vascular, cerca de 120 mil novos casos de trombose venosa profunda são diagnosticados por ano. Ela geralmente ocorre na região da panturrilha, mas pode afetar os pés e as coxas.

Em longas viagens, recomenda-se andar a cada duas horas, movimentar as pernas enquanto estiver sentado e beber bastante líquido.

Trombose: sintomas e prevenção