Compensar sono no final de semana não adianta e ainda pode engordar, diz estudo

dormir bem sono 0419 1400x800
Meilun/shutterstock

Se você dorme pouco durante a semana por causa do trabalho ou dos estudos e aproveita o sábado e o domingo para “compensar” o sono, passando mais horas na cama, saiba que o hábito é inútil, não resolve o cansaço e, em alguns casos, pode até resultar em ganho de peso.

sono descanso dormir 0419 1400x800
David Prado Perucha/shutterstock

De acordo com um estudo feito pela Universidade de Colorado Boulder, nos Estados Unidos, dormir algumas horas a mais no final de semana não resulta em nenhum benefício metabólico a longo prazo. O experimento contou com 36 pessoas e foi conduzido durante nove dias.

Compensar o sono no fim de semana pode engordar

sono dormir espreguicar 0918 1400x800
Olena Yakobchuk/Shutterstock

Para chegar à conclusão, os pesquisadores dividiram os participantes em três grupos: o primeiro teve o sono restringido a não mais que cinco horas, outro pôde "compensar" as horas de sono no fim de semana e dormir o quanto quisesse e o último não recebeu nenhuma restrição em relação ao sono.

Ao verificar o metabolismo de todos os voluntários, os cientistas observaram que os grupos que tiveram o sono limitado apresentaram praticamente os mesmos níveis de ganho peso e deterioração do metabolismo. Os participantes comeram mais durante a noite, engordaram e exibiram declínios na sensibilidade à insulina.

sono dormir cama 0418 1400x800
Lia Koltyrina/Shutterstock

O grupo que adotou o método de compensação de sono no fim de semana apresentou melhorias moderadas, mas que não eram mantidas durante a semana, quando retomaram uma rotina de sono restrito.

Em algumas medidas, o grupo de recuperação de fim de semana mostrou até piores resultados. Quem teve sono restrito o tempo todo apresentou redução da sensibilidade à insulina em 13%. No grupo de recuperação de fim de semana, a piora chegou a 27%.

sono ressaca tristeza 0218 1400x800
KieferPix / Shutterstock

Pesquisas anteriores feitas pelos mesmos estudiosos mostraram que o sono insuficiente pode elevar os riscos de obesidade e diabetes, aumentando também a vontade de fazer lanches à noite e diminuindo a capacidade de regular o açúcar no sangue. Os impactos negativos podem ocorrer após apenas uma noite de sono perdido.

Como ter uma boa noite de sono