Síndrome do ovário policístico pode dar este sintoma incomum na mama

cancer de mama autoexame 1018 1400x800
YURII MASLAK/Shutterstock

Cerca de 20% das mulheres no período fértil sofrem de Síndrome dos Ovários Policísticos (SOP), distúrbio hormonal que forma cistos na parte externa do ovário e afeta o processo de ovulação, interferindo inclusive na fertilidade. Uma das formas de identificá-la é prestando atenção nos seios.

Causada por um desequilíbrio na produção hormônio masculino androgênio, esta síndrome atrapalha o desenvolvimento dos folículos dos ovários, que muitas vezes não se transformam em óvulos e permanecem ali na forma de cistos, fazendo com que as glândulas tripliquem de tamanho.

Sintoma de SOP incomum

utero ovario medico 0419 1400x800
Shidlovski/Shutterstock

O aumento na quantidade de hormônios masculinos no organismo da mulher leva ao surgimento de mais pelos em todo o corpo: axilas, virilha, no rosto... E até mesmo ao redor dos seios.

O crescimento repentino de pelos nos seios também pode ser causado pelo uso de algum produto à base de testosterona, como aqueles utilizados em academias ou mesmo por homens que desejam aumentar a ereção. Caso contrário, é um dos sinais da SOP.

sintomas nos seio 1400x1400 1217 5
vix

Outros sinais de SOP

Ao mesmo tempo em que aumenta a quantidade de pelos no corpo, a SOP também faz com que o cabelo fique mais fraco e caia com mais frequência. Este distúrbio também deixa a pele mais oleosa que o normal - o que dá origem a espinhas e manchas. O desequilíbrio hormonal ainda favorece o ganho de peso e pode deixar, ainda, a menstruação desregulada.

O tratamento da SOP varia de acordo com os sintomas, mas geralmente é associado ao uso da pílula anticoncepcional, que protege os ovários da formação dos cistos e ajuda a diminuir os níveis de hormônios masculinos.

Problemas nos ovários: como identificar?