Como saber se estou com depressão: 14 sinais emocionais e físicos fáceis de identificar

depressao isolamento tristeza 0319 1400x800
graphicwithart/shutterstock

Transtorno mental de difícil diagnóstico, a depressão é uma doença séria, incapacitante e que pode até mesmo levar à morte, já que, apenas no Brasil, cerca de 12 mil pessoas se matam por ano por causa da depressão, segundo a Associação Brasileira de Psiquiatria (ABP).

Depressão: o que é

Caracterizada basicamente por um quadro de tristeza permanente, a depressão afeta o cotidiano do paciente ao apresentar não somente sinais emocionais, como também sintomas físicos, que podem ser silenciosos e nem sempre facilmente relacionado ao transtorno.

depressao tristeza jovem 0219 1400x800
Sam Wordley/shutterstock

Apesar de ter causas genéticas, a depressão pode ser desencadeada por situações que afetam o emocional. De acordo com o psiquiatra Antônio Geraldo da Silva, a maioria dos depressivos não sabe sequer que sofrem da condição. Além disso, uma parcela da população ainda confunde a doença com quadros simples de ansiedade e tristeza.

Aprender a identificar os principais sintomas de depressão é, portanto, fundamental para garantir bem-estar ao paciente, que poderá tirar proveito de tratamentos adequados assim que os sinais forem apresentados.

Sintomas da depressão: como saber se eu tenho

Não existem exames clínicos específicos capazes de dar um diagnóstico de depressão. A condição, portanto, deve ser identificada por um psiquiatra, com ajuda do paciente que pode relatar os primeiros sinais.

tristeza depressao sofrer 0219 1400x800
Followtheflow/shutterstock

A lista de sintomas de um possível quadro de depressão é grande, envolve fatores físicos e emocionais, e as experiências podem variar muito de pessoa para pessoa. Os sinais descritos abaixo são comuns entre pacientes que sofrem da doença, mas não devem ser encarados como um diagnóstico fechado da condição.

Sintomas emocionais da depressão

  • Tristeza e falta de esperança
  • Raiva e irritabilidade
  • Excesso de autocrítica
  • Apatia
  • Falta de prazer mesmo em atividades de lazer
  • Falta de concentração
  • Perda de memória
  • Crises de ansiedade
depressao tristeza inverno 0119 1400x800
Marjan Apostolovic/shutterstock

Sintomas físicos da depressão

  • Diminuição da libido
  • Cansaço excessivo
  • Dores que não respondem a tratamentos ou remédios
  • Alterações do sono (sonolência excessiva ou dificuldade para dormir)
  • Alterações de apetite (comer pouco ou demais)
  • Ganho ou perda de peso sem motivo aparente

Como tratar

A depressão não tem cura definitiva, mas pode ser tratada e seus sintomas, controlados. A reincidência dos sintomas do transtorno é frequente e seu intervalo varia de paciente para paciente. O importante é nunca abandonar completamente o tratamento, que deve ser constante.

ansiedade depressao tristeza 1218 1400x800
GoodStudio/shutterstock

O paciente diagnosticado com depressão normalmente é orientado a tomar antidepressivos e frequentar sessões de psicoterapia. O psiquiatra Leonard Verea explica que há mais de 50 tipos de antidepressivos e apenas o médico responsável pelo tratamento poderá encontrar o mais adequado individualmente.

No caso de terapias com psicólogos, é importante, sempre que possível e desejável, que familiares participem das consultas com o paciente para entender sua situação e fornecer o apoio necessário para que o tratamento tenha sucesso.

Depressão: tipos, sintomas e tratamentos