Bronquite crônica ou aguda: causas, sintomas, como tratar e prevenir

sarcoma no pulmao 0617 1400x800
yodiyim/iStock

Gripes e resfriados são condições simples, que raramente provocam grandes complicações de saúde e desaparecem em poucos dias. Em alguns casos, no entanto, as doenças podem deixar o paciente com um outro problema a ser enfrentado: a bronquite.

Bronquite: o que é

Geralmente consequência de uma gripe ou outra doença respiratória, a bronquite é caracterizada pela inflamação dos brônquios, que são as vias que conduzem o ar que é respirado até os alvéolos pulmonares.

De acordo com informações do Hospital 9 de Julho, no paciente com bronquite, os cílios que revestem o interior dos brônquios deixam de eliminar o muco presente nas vias respiratórias e, ao acumular a secreção, os brônquios ficam inflamados e contraídos, dificultando a passagem do ar.

tosse mulher inverno 0319 1400x800
Image Point Fr/ Shutterstock

Crônica

Geralmente associada ao tabagismo, a bronquite crônica é a que acontece de forma muito prolongada. Mais grave do que a aguda, pode deixar o paciente vulnerável a outras infecções respiratórias, como pneumonia, por exemplo, se não for corretamente tratada.

Aguda

A bronquite aguda é caracterizada por crises curtas, que podem até duas semanas, e causadas normalmente por vírus e, em alguns casos, infecção bacteriana. Crises de bronquite aguda também podem ser desencadeadas pelo contato com poeira, inseticidas, tintas, ácaros e fumaça de cigarro.

tosse homem garganta 1118 1400x800
Image Point Fr/ Shutterstock

Sintomas

Segundo informações da Mayo Clinic, os principais sintomas de bronquite são:

  • Tosse seca ou com expectoração (no caso da bronquite aguda)
  • Tosse com muco (no caso da bronquite crônica)
  • Fadiga
  • Falta de ar
  • Febre ligeira
  • Calafrios
  • Desconforto no peito
  • Chiado no peito

Como diagnosticar

Além dos sintomas, o médico pode pedir alguns exames extras para confirmar o diagnóstico de bronquite, como raio-x do tórax, teste de função pulmonar e testes de escarro (muco que o paciente expele dos pulmões).

dor gantanta tosse 0319 1400x800
9nong/Shutterstock

Tratamento

A maioria dos casos de bronquite aguda melhora geralmente dentro de algumas semanas, sem a necessidade de tratamento específico.

Remédio

Quando a bronquite é causada por infecções bacterianas, o médico pode indicar o uso de antibiótico para tratar o problema.

Tem cura?

A bronquite aguda normalmente se cura sozinha, com o desaparecimento dos sintomas em um período de até dez dias. A bronquite crônica em casos avançados, no entanto, tem menores chances de recuperação total. Tratar o problema e abandonar o tabagismo melhoram significativamente o quadro do paciente.

tosse seca doente 0917 1400x800
Danomyte/Shutterstock

Quando a bronquite ataca

A bronquite geralmente é causada por vírus, como o de gripes e resfriados, tabagismo e contato prolongado com poluição do ar, poeira ou gases tóxicos.

Outros fatores que aumentam o risco de bronquite são baixa imunidade e até refluxo gástrico. Repetidas crises de azia severa podem irritar a garganta e deixar o paciente mais propenso a desenvolver bronquite.

Prevenção

Algumas medidas simples podem reduzir as chances de bronquite, segundo o site médico WebMD. São elas:

  • Evite fumar
  • Tome vacina contra a gripe
  • Lave as mãos com frequência
  • Use uma máscara quando entrar em contato com substâncias que podem incomodar os pulmões

Doenças respiratórias