Queimadura de água-viva: o que fazer? Médica explica tim-tim por tim-tim

agua viva praia 1400x800 0118
vaklav/Shutterstock

Não são apenas os banhistas que invadem as águas das praias brasileiras durante o verão. É justamente nesta época que as águas-vivas se reproduzem, virando uma preocupação a mais para quem não dispensa um banho de mar.

Quanto mais morna estiver a água, mais elas aparecem. E as queimaduras provocadas por essas medusas podem acabar com qualquer diversão se não forem tratadas do jeito correto.

Como tratar queimadura de água-viva

Quando uma água-viva entra em contato com a pele, seus tentáculos lançam cápsulas de toxina chamadas nematocistos, que se abrem ao primeiro toque, liberando as substâncias que causam queimaduras. Por isso, a primeira recomendação é evitar coçar o ferimento.

ilustracao nadador aguaviva 0219 1400x800
Art-Silvan/Shutterstock

O procedimento correto em caso de contato com uma água-viva é lavar o local afetado com água do mar e, se necessário, retirar os tentáculos da pele com a ajuda de uma pinça, evitando qualquer contato. Banhar o ferimento com vinagre também ajuda a inibir a ação dos nematocistos. E, assim que possível, um médico deverá indicar o tratamento mais adequado.

O que pode piorar a queimadura?

Segundo a dermatologista Bruna Rezende, não adianta nada passar produtos como pomada, pasta de dente ou creme hidratante - na verdade, tudo isso pode agravar a situação. Urinar na queimadura é ainda pior, pois pode causar inflamação. "Em casa, para aliviar a ardência e a dor, só é válido o uso de compressas geladas", orienta a médica.

Outro equívoco muito comum é tomar banho de chuveiro ou mangueira para lavar a região afetada. "Lave a queimadura com água salgada, como a água do mar ou o soro fisiológico; nunca lave o local com água doce, pois ajuda esses nematocistos a se romperem na pele", explica Bruna Rezende.

View this post on Instagram

Já em clima de quase férias, praia, e sol.. fiquem atentos a essa dica .. ➡️➡️ Com o calor, as praias brasileiras recebem muitas águas-vivas, que ao serem tocadas, liberam toxinas que provocam queimaduras. Por isso, se atente às recomendações: - Logo que sentir a ardência na pele, SAIA do mar; - NÃO toque, muito menos, COCE a área afetada; - LAVE a queimadura com ÁGUA SALGADA, como a água do mar ou o soro fisiológico; - NUNCA lave o local com água DOCE, pois elas ajudam esses nematocistos a se romperem na pele; - Após lavar a pele, não é recomendado passar pomada, pasta de dente ou creme hidratante. Em casa, para aliviar a ardência e a dor só é válido o uso de compressas geladas; - JAMAIS deixe que urinem na queimadura!! Isso pode inflamar a região lesionada. E assim que possível, um médico deverá te examinar e indicar o tratamento mais adequado. #queimadura #aguaviva #queimadurasolar #dermatologista #drabrunarezende #dicasdermatologia #dicasdepele #dermadicas

A post shared by 𝐃𝐫𝐚. 𝐁𝐫𝐮𝐧𝐚 𝐑𝐞𝐳𝐞𝐧𝐝𝐞 (@drabrunarezende) on

Água-viva pode ser fatal?