Esta é a razão para alguns alimentos aliviarem sintomas mais intensos da TPM

mulher calma vento 1018 1400x800
vientocuatroestudio/Shutterstock

Desequilíbrio hormonal, inchaços no corpo, cólicas e mudanças drásticas e repentinas de humor são alguns indícios que anunciam a chegada da menstruação.

Essas mudanças de humor compõem um quadro chamado de tensão pré-menstrual. Longe de ser "frescura", como muitas pessoas gostam de afirmar, a TPM é sentida por muitas mulheres duas semanas antes da menstruação devido a queda dos hormônios serotonina e estrogênio - que é comum no período pré-menstrual.

Mudanças alimentares

mesa alimentos 1118 1400x800
Prostock-studio/Shutterstock

De acordo com a nutricionista Amanda Carbonelli, algumas pequenas mudanças na rotina são suficientes para aliviar a intensidade da TPM, entre elas, o consumo de alimentos que ajudem no aumento da produção de serotonina - hormônio ligado ao bem estar e ao prazer.

Tendo isso em mente, a nutricionista Patrícia Davidson listou uma série de alimentos que ajudam a aliviar os sintomas da TPM justamente por estimularem a liberação de serotonina no organismo.

Ela ressalta que nesse período pré-menstrual é comum as mulheres sentirem mais fome, especialmente por alimentos gordurosos ou com muito carboidrato. A recomendação é para controlar o impulso e focar nesses alimentos.

Alimentos que aliviam a TPM

torta chocolate semfarinha 0219 1400x800
hlphoto/Shutterstock
  • Chocolate amargo - 70% ou mais
  • Mix de nuts
  • Banana com canela
  • Lascas de coco com chocolate amargo derretido
  • Café com chocolate amargo
View this post on Instagram

Cada mulher sente a TPM de uma maneira diferente e, a cada mês, os sintomas e sensações podem variar também. Uma das queixas mais comuns nesse período do mês é com relação ao apetite, aquela vontade de “sair comendo tudo pela frente”. É comum que algumas mulheres sintam mais fome nesse período, principalmente por alimentos mais calóricos, pois nesse período os níveis de progesterona estão mais elevados e, como “efeito colateral”, podemos ter mais vontade de alimentos gordurosos - e se tiver açúcar também, como chocolate ou sorvete, mais “feliz” você vai ficar. Pelo menos momentaneamente... Além disso, na TPM nota-se uma queda nos níveis de serotonina, afetando nosso humor e nosso apetite. Esse período, no entanto, não deve servir de “indulgência” para exageros alimentares, principalmente entre as mulheres que estão em tratamento de patologias como Síndrome do Ovário Policístico (SOP) e Endomeriose, por exemplo, ou então aquelas que estão tratando distúrbios metabólicos relacionados à glicemia ou à dislipidemia. Dê preferência a alimentos que estimulem a produção de serotonina, como chocolate amargo (70% ou mais - quanto mais cacau melhor!), banana (com canela fica uma delícia!), mix de nozes/castanhas e frutas secas, café com chocolate amargo, lascas de coco com chocolate amargo derretido (é só colocar na geladeira ou congelador e comer depois). Se você sente que sua TPM foge ao seu controle, converse com seu médico sobre algumas opções possíveis para melhorar sua qualidade de vida, como o implante de gestrinona, por exemplo. Contribuição da nossa Ginecologista @dra.lucianadeister que estará atendendo na Clínica de São Paulo, no dia 19/02 e da nossa nutri mara @jugauterio!

A post shared by Patricia Davidson (@patriciadavidson.nutri) on

Ciclo menstrual