Trombose pode ser causada por este tipo de inflamação no intestino

perna trombose pe dor 0419 1400x800
GBALLGIGGSPHOTO / Shutterstock

Provocada pela formação de um coágulo em uma ou mais grandes veias das pernas ou das coxas, a trombose é uma condição silenciosa e bastante grave. Ao bloquear o fluxo sanguíneo, o coágulo pode causar em inchaço, dores, vermelhidão e sensação de queimação na região.

trombose pernas veias 0119 1400x800
metamorworks/shutterstock

No caso da trombose venosa, a obstrução ocorre nos membros inferiores e, se o coágulo se desprender, pode causar complicações, como a embolia pulmonar. Já a trombose arterial pode parar o fluxo de importantes vias do cérebro, coração e outros órgãos, gerando acidente vascular cerebral (AVC) ou infarto.

trombose corpo humano 0119 1400x800
Lightspring/shutterstock

A trombose pode aparecer quando uma pessoa passa muitas horas sentada em um avião sem se movimentar, por exemplo, permanece muito tempo em repouso após um processo cirúrgico e, no caso das mulheres, devido ao uso de pílula anticoncepcional, já que alterações hormonais também são fatores de risco para o problema.

Problema no intestino pode causar trombose

O que pouca gente sabe é que a trombose pode ainda ser provocada por doenças inflamatórias intestinais (DII), que nada mais é do que uma inflamação contínua da totalidade ou parte do trato digestivo. Colite ulcerativa e Doença de Crohn são os tipos mais comuns da condição.

intestino bacterias corpo humano 0618 1400x800 2
Romariolen/Shutterstock

Os sintomas das DII podem se confundir com os de outras enfermidades e, por isso, conhecer as características particulares e procurar avaliação médica é fundamental, afirma Marta Machado, gastroenterologista e presidente da Associação Brasileira de Colite Ulcerativa e Doença de Crohn.

Além de trombose, as DDI ainda podem causar inflamações no olho e nas articulações, feridas pele, perda de peso, queda de cabelos, entre outros problemas. Os principais sintomas de DDI são dor abdominal, febre, diarreia ou constipação e presença de sangue ou muco nas fezes.

Doenças inflamatórias intestinais: diagnóstico e tratamentos

intestino 1400x800 0117
u3d/shutterstock

São necessárias diversas análises diferentes, como histórico clínico, exames físicos e laboratoriais para obter o diagnóstico de DII.

A escolha do tratamento indicado para cada paciente depende da gravidade e da localização da doença, diz a médica. Entre as opções de terapia estão os aminossalicilatos, os corticoides, os imunomoduladores, os antibióticos e os medicamentos biológicos, sendo os últimos mais inovadores e capazes de aliviar os sintomas da doença de maneira rápida e prolongada.

Trombose: riscos, causas e tratamentos