Cientistas descobriram qual é a melhor e a pior forma de consumir espinafre

espinafre folhas frescas 0119 1400x800
Sunvic/shutterstock

Excelente fonte de vitamina K, conhecida por ter propriedades anti-inflamatórias, fibras, ácido fólico e minerais, o espinafre é um excelente aliado da saúde que, além de deixar o cérebro mais jovem, pode até ser considerado um superalimento anticâncer.

espinafre vegetal folhas 0119 1400x800
Lecic/Shutterstock

Apesar de ser um alimento versátil e poder aparecer em diferentes tipos de preparações, existe uma forma considerada mais saudável de consumir o espinafre, segundo um estudo realizado pela Universidade de Linköping, na Suécia.

Qual é a melhor forma de comer espinafre

espinafre suco folhas 0119 1400x800
MateuszSiuta/shutterstock

De acordo com os pesquisadores, o consumo do espinafre cru, em sucos, shakes ou smoothies é a melhor maneira de obter através do alimento a luteína, um pigmento solúvel em gordura natural encontrado em vegetais verde-escuros, capaz até de reduzir a inflamação nas células do sistema imunológico de pacientes com doença arterial coronariana.

suco verde homem 0119 1400x800
Maridav/Shutterstock

Para chegar à conclusão, os cientistas prepararam o espinafre de diversas maneiras: cozido, frito, assado ou somente picado em saladas ou sucos. Foi possível descobrir, então, que a luteína, que é um antioxidante poderoso, era mais presente no espinafre cru.

As análises ainda mostraram que o espinafre em sucos e smoothies trazia ainda mais benefícios se acompanhado por leite ou iogurte. Isso porque a adição de produtos lácteos aumenta a liberação de luteína das folhas picadas do vegetal.

espinafre smoothie verde 0119 1400x800
JeniFoto/Shutterstock

Pior jeito

Os experimentos foram capazes de indicar ainda que, quando aquecido, o espinafre perde grande parte da luteína. Ou seja, fritar ou ferver o alimento, mesmo que por pouco tempo, foi considerada a pior forma de preparo e consumo.

Alimentação e saúde