mulher

Pílula anticoncepcional fraca: ela existe mesmo? O que muda no corpo?

mulher segurando pilulas 0618 1400x800
peeraporn kwanprom/Shutterstock

A pílula anticoncepcional é uma método contraceptivo bastante utilizado entre as mulheres e que possui um alto índice de eficácia. Atualmente existe um amplo catálogo de pílulas anticoncepcionais, as quais possuem a mesma finalidade - inibir a ovulação e, consequentemente, a concepção - mas com composições e dosagens hormonais diferentes.

Pílula anticoncepcional fraca?

pilula anticoncepcional ilustracao 0119 1400x800
lukpedclub/Shutterstock

Diante de uma diversidade de pílulas com composições e dosagens hormonais diferentes há quem fale sobre medicações que são mais fracas do que outras.

Ocorre que algumas pílulas possuem dosagens menores do que outras em determinado hormônio, mas que é compensado de outras maneiras.

mulher pilula 0119 1400x800
Josep Suria/Shutterstock

Dito isso, não existe pílula concepcional com eficácia “fraca”. Ainda que tenham composições diferentes, todas são capazes de bloquear a função hormonal natural da mulheres inibindo a concepção.

Isso significa dizer que uma pílula pode ter menor quantidade de determinado hormônio e, por isso, ser chamada de "fraca", mas isso está relacionado apenas à sua fórmula química e em nada afeta ou diminui sua eficácia.

Como escolher a pílula

pilula anticoncepcional contraceptivo 0119 1400x800
areeya_ann/shutterstock

De acordo com a ginecologista Dra. Luciana Deister, independente dessa composição hormonal, toda pílula anticoncepcional apresenta efeitos colaterais que devem ser considerados na sua escolha, considerando o histórico de saúde pessoal e familiar.

Por isso, na hora de escolher é importante contar com o acompanhamento de um ginecologista e, se for o caso, estar aberta a métodos contraceptivos não-hormonais.

Tipos de métodos contraceptivos