Não é só o sal: o AÇÚCAR também pode causar problemas de pressão arterial

acucar colher cubos 1218 1400x800
Fascinadora/shutterstock

O consumo excessivo de sal branco de cozinha provoca retenção de líquidos, inchaço e aumento da pressão arterial que, consequentemente, desencadeia diversos problemas de saúde. Mas o alimento (rico em sódio) não é o único responsável pela hipertensão arterial.

acucar prejuizos saude 1218 1400x800
Alex Ionas/shutterstock

Em seu perfil no Instagram, a ginecologista Dra. Luciana Deister afirma que estudos recentes enfatizam que quantidades excessivas de açúcar também podem aumentar a pressão arterial, em especial a frutose, sua versão industrializada, também conhecida como xarope de milho rico em frutose.

Como o açúcar afeta a pressão arterial

De acordo com a especialista, a ingestão da “frutose industrializada” altera o equilíbrio do corpo, afetando o hipotálamo e a hipófise, glândulas presentes no cérebro. O hipotálamo envia sinais à hipófise para produzir vários hormônios, que alcançam diversas outras glândulas, como a tireoide, que é fundamental para o bom funcionamento hormonal.

mulher vontade doces 1218 1400x800
Karramba Production/shutterstock

Além disso, o hipotálamo é responsável por acionar o sistema nervoso simpático, resultando em problemas de saúde como:

  • Dilatação das pupilas
  • Aumento da frequência cardíaca e respiratória
  • Sudorese
  • Inibição dos movimentos peristálticos no trato gastrointestinal
  • Aumento da retenção de sódio pelos rins
  • Elevação da pressão arterial

A “frutose industrializada”, segundo a ginecologista, ainda estimula a secreção de insulina, aumentando assim o acúmulo de gordura corporal que, consequentemente, também afeta a pressão arterial.

cortar acucar alimentacao 1218 1400x800
Pavlovska Yevheniia/shutterstock

A profissional ainda alerta que, para as mulheres, a hipertensão é um dos fatores de risco para a pré-eclâmpsia em gestantes (mais comum no terceiro trimestre), que gera uma série de alterações na saúde da gestante e do feto, podendo evoluir para uma eclâmpsia, que pode ser fatal para a mulher e até para o bebê.

View this post on Instagram

🥄Durante muitos anos, culpamos exclusivamente o sódio (sal) pela hipertensão arterial. Mas estudos recentes enfatizam que quantidades excessivas de açúcar podem aumentar a pressão arterial, em especial a frutose (a versão industrializada, também conhecida como xarope de milho rico em frutose - high fructose corn syrup). 🍬A ingestão de HFCS altera a homeostase (equilíbrio) do corpo, o que acaba por afetar o hipotálamo e a hipófise - ambos no cérebro. 🍬O hipotálamo envia sinais à hipófise para produzir vários hormônios, que alcançam várias outras glândulas, como a tireóide, ativando-as também. Isso faz com que haja uma produção hormonal muito maior do que o normal. 🍬Além disso, o hipotálamo é responsável por acionar o sistema nervoso simpático, resultando em: dilatação das pupilas, aumento da frequência cardíaca e aumento da frequência respiratória, sudorese, inibição dos movimentos peristálticos no trato gastrointestinal, aumento da secreção de renina e aumento da retenção de sódio pelos rins, aumento da resistência vascular e aumento da pressão arterial. 🍬A "frutose industrializada” estimula muito mais a secreção de insulina, aumentando acúmulo de gordura corporal, que também afeta a pressão arterial. 🍬Para as mulheres, a hipertensão também é um dos fatores de risco para a pré-eclâmpsia em gestantes (mais comum no terceiro trimestre), que gera uma série de alterações na saúde da gestante e do feto, podendo evoluir para uma eclâmpsia (também no terceiro trimestre ou durante/após o parto), que pode ser fatal para a mulher e até para o bebê. ☝🏻IMPORTANTE: Se você está grávida e precisa controlar sua pressão arterial, o ideal é adotar uma alimentação natural, baseada em #comidadeverdade e minimamente processada, eliminando itens com HCFS. Quanto ao sal, estes cuidados com a alimentação já irão reduzir consideravelmente os possíveis excessos na sua dieta. #ginecologiaintegrativa #medicinapreventiva #medicinadoestilodevida #medicinaintegrativa

A post shared by Luciana Deister (@dra.lucianadeister) on

Por que você deve diminuir o consumo de açúcar