Você consegue notar no seu corpo os sinais do estresse: 23 sintomas físicos

mulher estresse crise 1018 1400x800
shurkin_son/shutterstock

O estresse é algo que vem se tornando cada dia mais comum na vida das pessoas. Seja por excesso de responsabilidade, preocupações ou correria com compromissos. Longe de ser algo inofensivo, o estresse acarreta uma série de consequências – tanto psicológicas, como físicas. Para além, disso é possível sentir o estresse no próprio corpo e não apenas com a irritabilidade e ansiedade que lhe são característicos.

O que acontece com o corpo estressado?

A psiquiatra e psicoterapeuta Elizabeth Zamerul Ally, explica que o nosso organismo reage a momentos de tensão ou ameaça ativando o seu estado de alerta. Isto promove reações bioquímicas no nosso corpo com o intuito de nos salvar de um perigo iminente. Dentre estas reações estão a produção e liberação de neurosubstâncias – adrenalina e cortisol, por exemplo – que dilatam vasos sanguíneos de órgãos vitais do corpo para conseguir preservá-los na situação de risco, e como consequência diminuem a circulação em locais menos importantes.

mulher estresse 0518 1400x800
Luis Molinero/Shutterstock

Além disso, algumas destas neurosubstâncias também aumentam a glicemia e transformam a gordura do corpo em energia disponível para ser usada. O problema acontece quando esta liberação de hormônios é reincidente. A longo prazo ela aumenta o risco de problemas cardíacos, reduz a produção de insulina do corpo e ainda afeta o sistema imunológico – o que deixa o organismo vulnerável a micro-organismos maléficos.

Sintomas do estresse no corpo

Os sintomas físicos do estresse variam de acordo com cada organismo e personalidade, mas há um espectro imenso de sensações que podem surgir em resposta a condição, tais como:

  • Tensão excessiva e constante
  • Dor muscular
  • Agitação
  • Impaciência
  • Tremor
  • Fraqueza
  • Fadiga que surge mesmo após atividades simples
  • Enjoo
  • Irritação
  • Palpitação
  • Suor frio
  • Diarreia
  • Dificuldade em dormir
  • Falta de ar
  • Tontura e vertigem
  • Memória fraca
  • Boca seca
  • Calafrios
  • Formigamento
  • Queda de cabelo (Alopecia areata)
  • Gastrite
  • Imunidade baixa
  • Alergias/erupções na pele
irritacao estresse nervosismo 0918 1400x800
TeodorLazarev/shutterstock

Como aliviar?

Como boa parte das doenças, é possível melhorar um quadro recorrente de estresse focando em uma alimentação mais saudável, tirando um tempo para praticar exercícios físicos e tomando algumas mudanças de hábito, como dormir melhor, fumar menos e buscar um equilíbrio entre a vida pessoal e profissional. Em alguns casos é indicado que a pessoa busque terapia para ajuda-la a lidar com todo o processo. Atividades relaxantes como Yoga, pilates e meditação também podem ajudar bastante a aliviar o quadro.

Como controlar o estresse