mulher

JAMAIS guarde a pílula anticoncepcional nestes 8 lugares, ou ela poderá falhar

pilula anticoncepcional 0918 1400x800
Image Point Fr / Shutterstock

No dia a dia, é comum que mulheres que usam pílulas anticoncepcionais mantenham os contraceptivos guardados em locais estratégicos para não esquecerem de tomar o comprimido na hora certa.

Afinal, um dos requisitos para que o produto se aproxime de sua taxa máxima de eficácia – que gira em torno de 98 a 99% - é que ele seja ingerido sempre no mesmo horário até que a cartela chegue ao fim.

Entretanto, alguns cuidados devem ser tomados na hora de guardar as pílulas. Isso porque há características de determinados ambientes que podem oferecerem danos ao produto – como a diminuição do principal efeito do medicamento: evitar a gravidez.

Locais contraindicados para guardar a pílula

pilula anticoncepcional contraceptivo 01018 1400x800
Golden Sikorka/shutterstock

Segundo especialistas consultados pelo VIX, os principaislocais contraindicados para o armazenamento da pílulas contraceptivas são aqueles que oferecem riscos à perda da estabilidade do produto – o que pode gerar desde a perda da eficácia até a redução da segurança do medicamento em seu uso pela mulher.

Estabilidade é a capacidade de um medicamento em manter suas propriedades físicas, químicas, terapêuticas, microbiológicas e toxicológicas durante o tempo de estocagem pelo paciente. “O produto pode ser decompor, entrar em contaminação, trazer efeitos toxicológicos ao paciente, perder seu efeito terapêutico”, explica Wesley Barros, coordenador do curso de Farmácia do Centro Universitário Celso Lisboa.

Para evitar a citada perda de estabilidade, o recomendado é evitar armazenamento de pílulas em locais pouco ventilados ou sujeitos a temperaturas extremas – muito quente ou muito frio. “Qualquer tipo de hormônio dever ser armazenado em temperatura ambiente - 15 a 30°C”, indica Barros.

Carro

mulher dirigindo carro 2411 1400x800
Minerva Studio/Shutterstock

Por todos os motivos elencados, o carro não é um bom local para guardar a pílula no dia a dia - ainda que o automóvel abrigue pontos estratégicos, como o porta-luvas ou próximo ao para-brisas.

“O carro é um local que tem alta exposição ao sol, especialmente perto do para-brisa. Já o porta-luvas não tem alta ventilação e a ainda apresenta temperatura alta”, afirma Barros.

Avião

aviao ceu viagem 1116 1400x800
chuckchee/iStock

Outro meio de transporte que chama atenção é o avião. Porém, neste caso, a questão é a baixa temperatura das cabines destinadas às malas nas aeronaves – geralmente mais baixas que as cabines dos passageiros.

“O ideal é levar a pílula na bolsa de mão. A refrigeração na parte das malas é mais fria que a interna e lá a gente não recomenda levar a medicação”, indica a ginecologista Maria Elisa Noriler.

Mais uma questão relacionada ao transporte de pílulas em viagens de avião diz respeito à perda de estabilidade física do remédio. “A gente não sabe como as malas são condicionadas, o que pode trazer danos ao produto”, diz Barros.

Bolsa

look bolsa relogio 0418 1400x800
Victoria Chudinova

Carregar a pílula dentro da bolsa é um costume muito praticado entre mulheres, principalmente para aquelas que precisam tomar a pílula nos horários em que não estão em casa.

Entretanto, o hábito pede cuidados. “A bolsa é um local em que ocorre choque físico e a pílula pode se quebrar lá dentro”, diz Barros.

Perto de aparelhos eletrônicos

aparelho televisao 1400x800
BaLL LunLa/Shutterstock

Se um aparelho eletrônico, como aqueles de TV, ou similares, serve de apoio em casa, o melhor é não utilizá-lo como suporte para as pílulas. Afinal, eles costumam ficar bem quentes durante o uso. “Todo aparelho que tende a esquentar, seria problema para o produto.”

Geladeira

cozinha geladeira fechada
Thinkstock

Se a temperatura é uma grande questão para o bom funcionamento das pílulas, então o armazenamento do remédio dentro de geladeiras deve ser evitado.

Perto da janela

janela sol luz 1400x800
Anna Grishenko/Shutterstock

Deixar a pílula guardada em locais perto da janela pode até ser uma boa escolha por ser uma região arejada. Entretanto, essa opção não é indicada pelos especialistas pela alta incidência de raios solares e pelo calor transmitido pelo sol - fatores que podem desencadear a perda de estabilidade.

Banheiro

banheiro com plantas 2111 1400x800
romakoma/shutterstock

O banheiro é um cômodo da casa que deve ser evitado o armazenamento de remédios, segundo Barros. Por isso, espelhos com armários embutidos, caixinhas ou demais recipientes são contraindicados para a reserva das pílulas.

“A umidade do ar é muito alta no cômodo, o que automaticamente pode perturbar a qualidade do produto. O ideal é que a umidade gire em torno de 70%”, indica o professor.

Porta comprimidos

porta comprimido caixa remedio 1400x800
Ko Backpacko/Shutterstock

Porta-comprimidos, normalmente vendidos em farmácias, também são contraindicados para o armazenamento das pílulas. “A caixinha tira a pílula do ambiente próprio para ela”, avisa Barros.

O ambiente citado pelo professor é a cartela na qual os comprimidos são entregues pela indústria.

Em situações em que a pílula é destacada da cartela e não é ingerida imediatamente, a perda de estabilidade do produto é favorecida. “Tirar o medicamento do lacre possibilita a evaporação do hormônio. O ideal é não deixá-lo exposto ao ar ambiente”, diz Maria Elisa.

Onde guardar a pílula?

Segundo os especialistas, o ideal é armazenar as pílulas em ambientes secos, inodoros, em temperatura ambientes e evitar locais que possam trazer a citada perda de estabilidade.

"Indicamos sempre deixar próximo a cabeceira da cama, porque aí a mulher vai lembrar", comenta Maria Elisa.

Pílula anticoncepcional