mulher

Pinta ou melanoma? Essas fotos ajudam a descobrir se pode ser câncer de pele

detectar alteraciones en la piel 2
Jupiterimages/BananaStock/Thinkstock

Muitas pessoas exibem pintinhas e, na grande parte das vezes, nem sequer se lembram que elas existem, mas é importante dar a atenção que elas merecem. Com essas fotos você pode saber se sua pinta merece observação e cuidados médicos.

O melanoma é o tipo mais agressivo de câncer de pele e é formado nas células que produzem o pigmento da cútis, Por isso muitas vezes é confundido com simples pintinhas. Se você observar qualquer alteração em alguma pinta ou mancha, pode compará-la com a classificação indicada pela Mayo Clinic.

melanoma
Mayo Clinic Foundation

1. Assimetria

Se você tem uma pinta com um lado mais escuro do que o outro, deve consultar um médico. Além disso, vale perceber também se ela apresenta textura diferente.

2. Bordas irregulares

As pintas normais não possuem orifícios dentro delas ou em suas bordas.

3. Variação de cor

Sua pinta não é uniforme? Peça para que seu médico a examine.

4. Tamanho

Se o tamanho da sua pinta for maior do que a parte traseira de um lápis, ligue o sinal de alerta. Além disso, se você perceber que ela aumentou de tamanho ou sofreu qualquer outra modificação, procure um médico.

Cuidados com a pele

Matéria traduzida do original de VIX espanhol, do autor Joanna Gutiérrez.