mulher

Quem tem herpes com frequência não deve comer 6 alimentos (eles multiplicam os vírus!)

herpes gel 0118 1400x800
CherriesJD/istock

A herpes simples é causada por um vírus que, ao infectar o paciente, provoca coceira, formigamento e feridas nos lábios. Estudos apontam que 90% da população convive com o vírus no organismo, mas apenas cerca de 15% manifesta os sintomas.

A condição costuma aparecer por causa de baixa na imunidade, quadros de estresse e em períodos em que a pessoa sofre com gripes e resfriados. A herpes é transmitida através da saliva, contato com objetos contaminados e beijo, por exemplo e, apesar de não ter cura definitiva, pode ser evitada e combatida com cuidados simples na alimentação.

Alimentos que aumentam as chances de herpes

castanhas do para 1117 1400x800
Sharaf Maksumov/shutterstock

Quem sofre com o aparecimento frequente da herpes deve deixar de consumir alimentos com um aminoácido chamado arginina, que aumenta a replicação do vírus. Entre as principais comidas que precisam ser evitadas são:

  • Milho
  • Aveia
  • Coco
  • Trigo
  • Suco de laranja
  • Oleaginosas (castanhas, nozes, avelã, gergelim, amêndoas e amendoim)

Como combater herpes com alimentação

iogurte cafe manha 0117 1400x800
George Rudy/shutterstock

Se por um lado a lista de alimentos “proibidos” é pequena, a quantidade de comidas que podem ajudar a combater e a evitar a herpes é bastante generosa. O ideal é investir em opções que fortalecem o sistema imune, como peixes ricos em ômega 3, linhaça, frutas vermelhas, iogurte, banana, aspargo, entre outros.

Vale ainda a pena apostar em alimentos que são fonte de lisina, um aminoácido associado à diminuição da replicação do vírus. Entre os mais comuns estão leite, queijos, carnes, ovos, soja, que garantem boa dose de lisina, que, por não ser produzida pelo organismo, só pode ser obtida com uma dieta equilibrada.

Herpes: como evitar e tratar