mulher

7 motivos te convencerão a consumir alho negro: benefícios, preço e onde comprar

alho negro tempero 1217 1400x800
mnimage/shutterstock

De aparência exótica, o alho negro ainda é desconhecido pela maioria das pessoas e pouco popular nas mesas brasileiras, mas tem ganhado cada vez mais espaço entre os fãs da boa culinária que buscam inovar nos pratos e garantir saúde.

A nutricionista Cristina Trovó explica que o alho negro possui propriedades em comum com o tradicional, mas com maior intensidade. Fonte de vitaminas e minerais, o alimento promove diversos benefícios para a saúde.

Benefícios do alho negro para a saúde

tempero alho negro 1217 1400x800
Deborah Lee Rossiter/shutterstock
  • Estudos apontam que o alho negro ajuda a regular a pressão arterial;
  • Tem propriedades que contribuem para a diminuição do colesterol;
  • Termogênico, acelera o metabolismo e, consequentemente, aumenta o gasto calórico corporal, turbinando o emagrecimento;
  • Por liberar no fígado uma enzima que inibe a produção de gordura, reduz as chances de acúmulo de adiposidade no órgão;
  • Possui ação antioxidante, ou seja, combate os radicais livres, prevenindo o envelhecimento das células;
  • É fonte de selênio e, portanto, fortalece o sistema imunológico e previne doenças simples, como gripes e resfriados;
  • Possui ação antiviral e antifúngica e, de acordo com algumas pesquisas, poderia ser aliado na prevenção de cânceres.

Alho negro: o que tem de diferente

alho negro descascado 1217 1400x800
mnimage/shutterstock

O alho negro nada mais é do que o alho tradicional que passa por um processo de fermentação e é submetido a altas temperaturas que garantem diferentes textura, sabor e aroma ao alimento.

De acordo com a nutricionista, para tirar proveito dos benefícios do alimento é necessário ingerir a quantidade adequada, não ultrapassando um dente do alimento por dia.

A especialista ainda ensina que, assim como o alho normal, o negro perde suas propriedades se for refogado ou submetido a altas temperaturas, que desnaturam as enzimas importantes do alimento. O ideal, portanto, é consumir o alimento cru, in natura.

alho negro pato 1217 1400x800
mnimage/shutterstock

Onde comprar e quanto custa?

Entre os motivos pelos quais o alho negro não é ainda amplamente consumido estão seu alto preço e a dificuldade em encontrar o alimento. Em média, uma unidade (cabeça) de alho negro pode custar entre R$ 15 e R$ 20, o equivalente ao preço do 500 g do alho tradicional. O tipo alterado raramente aparece em feiras e prateleiras de mercados comuns, mas pode ser adquirido em lojas de produtos naturais ou especializadas em ingredientes orientais.

Saúde e alimentação