mulher

Fibromialgia não tem cura, mas tratamento ameniza muito a doença; como é feito?

dores ombro braco 1017 1400x800
PhotoMediaGroup/shutterstock

Doença sem cura e de causas ainda desconhecidas, a fibromialgia é caracterizada por dores generalizadas pelo corpo, cansaço, insônia, rigidez muscular, problemas cognitivos, como falta de memória e desatenção, além de quadros de depressão e ansiedade.

Apesar de incurável, a fibromialgia não piora com o tempo e, em alguns casos, pode até regredir com o passar dos anos, especialmente se o paciente investe nos tratamentos que amenizam muito os sintomas da doença.

Como tratar a fibromialgia

dores costas cama 0916 1400x800
wavebreakmedia/Shutterstock

O tratamento contra fibromialgia é multidisciplinar, ou seja, envolve medicamentos, mudanças de hábitos e até mesmo terapias com psicólogos e técnicas de relaxamento.

Indicados por um médico, os remédios, como antidepressivos, por exemplo, regulam as alterações dos moduladores da dor no cérebro. Quando o paciente sofre com as dores, pode ainda fazer uso de analgésicos e anti-inflamatórios.

dor de cabeca 0117 1400x800
Syda Productions/Shutterstock

A pessoa com fibromialgia também pode obter grande melhora dos sintomas com a prática regular de exercícios, já que as atividades físicas liberam no cérebro neurotransmissores que amenizam as dores mais intensas e promovem a sensação de bem-estar. O indicado é recorrer a modalidades de baixo impacto, como natação e hidroginástica, por exemplo.

O apoio psicológico ao paciente com fibromialgia é fundamental para o tratamento. A terapia com um profissional faz com que o indivíduo adeque suas atitudes frente à dor e aprenda a lidar com a condição, minimizando assim os efeitos emocionais da doença, como depressão e ansiedade.

Sintomas de doenças