mulher

14 piores comidas para quem sofre de refluxo ou azia: cebola, frutas cítricas e mais

queimacao azia estomago 1116 1400x800
decade3d/istock

Quem sofre de problemas gástricos como refluxo ou azia sabe que o consumo de determinados alimentos, mesmo em pequenas doses, pode ativar o gatilho que aciona os sintomas que provocam grandes desconfortos. Cada pessoa reage de maneira diferente aos tipos de comidas, mas alguns deles são famosos por comumente causarem os distúrbios.

Comidas que provocam crises de refluxo ou azia

refluxo azia alimentos 0817 1400x800
Tharakorn/shutterstock

Além de evitar alimentos que aumentam a acidez do estômago, pessoas que sofrem de refluxo ou azia devem procurar ajuda médica para conhecer uma dieta específica para a condição.

O especialista normalmente indicará opções ricas em fibras, como fibras, legumes e alimentos integrais. Conheça os tipos de comidas que devem ser eliminados ou diminuídos da dieta:

  • Alimentos fritos ou gordurosos
  • Cebola
  • Carne vermelha
fatias bacon crocante 0817 1400x800
TheCrimsonMonkey/istock
  • Embutidos, como linguiça, salsicha e bacon
  • Chocolate
  • Café e chá
  • Bebidas alcoólicas
  • Bebidas gaseificadas
tomate molho de tomate 1161 1400x800
DUSAN ZIDAR/shutterstock
  • Tomate
  • Pimenta e alimentos condimentados
  • Macarrão
  • Pão branco
  • Morango
  • Laranja e outras frutas cítricas

Como evitar refluxo e azia

estomago azia refluxo 0917 1400x800
Becris/shutterstock

O refluxo é o retorno do conteúdo estomacal ao esôfago que provoca a sensação de queimação e azia, além de outros desconfortos gástricos devido à sua acidez.

Os cuidados com o cardápio são importantes, mas uma mudança de hábitos também pode ser fundamental para evitar azia e refluxo. Evite, por exemplo, comer demais e/ou se deitar logo depois das refeições para diminuir as chances de incidência dos problemas.

Quem sofre de azia ou refluxo ainda precisa evitar ingerir comidas muito quentes ou muito frias, manter o corpo hidratado bebendo muita água ao longo do dia e praticar esportes regularmente, já que as atividades físicas também contribuem para amenizar os sintomas.

Sintomas e seus significados