mulher

Circunferência do pescoço pode indicar 3 doenças: veja se medida do seu está normal

pescoco papada garganta 0917 1400x800
Anetlanda/shutterstock

Se você notou um aumento na circunferência do pescoço sem necessariamente ter engordado, saiba que a medida extra talvez não seja um simples acúmulo de gordura.

O pescoço inchado e a “papada” podem indicar doenças sérias, e o primeiro passo para desconfiar de um possível problema de saúde é, em casa, fazer a medição da região.

Inchaço no pescoço pode indicar doença

Medidas saudáveis

O diâmetro do pescoço não deve ultrapassar 34 cm entre as mulheres e 38 cm entre os homens.

papada pescoco rosto 0717 1400x800
solar22/Shutterstock

O que pode ser?

Caso a sua medição ultrapasse o valor de referência, é possível que haja algum dos seguintes problemas:

  • Síndrome Metabólica: quando o aumento da circunferência do pescoço vem acompanhada de hipertensão, colesterol alto e diabetes, pode sinalizar um quadro de Síndrome Metabólica, nome dado ao conjunto de fatores de risco que, associados, elevam as chances de desenvolver doenças cardíacas e derrames.
  • Bócio: a doença, caracterizada pelo aumento de volume da tireoide, também pode alterar o diâmetro do pescoço. A condição é provocada quando a glândula não funciona corretamente, desregulando a liberação de hormônios e causando o hipotireoidismo ou o hipertireoidismo.
  • Síndrome de Cushing: a doença é causada pelo excesso de corticoide no organismo, que, além aumentar a circunferência do pescoço, ainda provoca crescimento excessivo de pelos, aparecimento de espinhas e fraqueza muscular.

Entretanto, a simples medida do pescoço não é suficiente para diagnosticar qualquer condição. Ao notar a mudança, é necessário consultar-se com um médico para investigações mais específicas.

Cuidados com a tireoide