mulher

Você precisa ter 9 cuidados se quer parar de ter cistite com frequência

dor segurar xixi 1216 1400x800
Sabelskaya / Shutterstock

Se você constantemente tem vontade de urinar e, quando vai ao banheiro, simplesmente não consegue fazer xixi ou apenas elimina uma pequena quantidade de líquido, saiba que pode estar sofrendo de cistite.

O que é cistite?

Cistite é a infecção e/ou inflamação na bexiga, geralmente causada por bactérias que vivem no nosso corpo, particularmente na região do intestino.

infeccao vaginal bacterias 0417 1400x800
Pretty Vectors/Shutterstock

A irritação da bexiga é que faz com que a pessoa experimente a falsa impressão de que precisa urinar. Entre outros sintomas da condição estão ardência ao fazer xixi, dor na região abdominal e até mesmo sangramento e febre.

A cistite não é considerada uma doença muito grave e pode ser facilmente tratada, mas uma evolução no quadro pode fazer com que a bactéria chegue aos andares superiores do sistema urinário, como os rins.

xixi urina banheiro 0117 1400x800
momoforsale/shutterstock

Infecções urinárias são mais comuns em mulheres do que em homens porque elas têm a uretra bem menor, o que facilita a penetração de bactérias. Confira abaixo alguns cuidados que você precisa ter para parar de sofrer com cistite:

Como evitar cistite: dicas simples para combater o problema

Mantenha-se sempre hidratada e beba pelo menos dois litros de água por dia para promover a eliminação de toxinas do organismo através da urina.

dor ao fazer xixi 0717 1400x800
Emily frost/Shutterstock

Abandone o péssimo hábito de segurar o xixi. A urina ajuda a limpar a uretra, onde bactérias ficam acumuladas, e evita um quadro de infecção de forma natural.

Procure sempre observar a aparência da urina - cor e odor. Alterações no xixi podem indicar não somente infecções, como outras condições mais graves.

Evite usar roupas muito apertadas e aposte em calcinhas de algodão no dia a dia para permitir a transpiração natural da região íntima.

Durante o período menstrual, troque o absorvente, tanto interno quanto externo, a cada 4 horas, aproximadamente, para evitar ação de bactérias.

biquini 1400x800 1212
NinaMalyna / Istock

Quando for à praia ou ao clube, evite permanecer tempo com o biquíni molhado. A combinação de calor e umidade da região favorece a proliferação de bactérias que podem causar infecções.

Evite depilar completamente a região íntima. A remoção total dos pelos não é recomendada por médicos porque eles funcionam como uma barreira protetora contra bactérias e infecções.

masturbacao banho chuveiro 0217 1400x800
George Rudy/Shutterstock

Mantenha uma boa higienização da região íntima, mas sem exagerar na limpeza da vagina. Evite aplicação de produtos e duchas internas e saiba que apenas água e sabão neutro são necessários para lavar a área.

Sempre que possível faça xixi depois das relações sexuais. Urinar depois do sexo diminui os riscos de cistite por “lavar a uretra” e evitar que microtraumas causados na região pelo atrito sirvam de porta de entrada para bactérias na vagina e no ânus.

Menstruação e saúde íntima