mulher

Posição que você dorme pode diminuir chances de Alzheimer e Parkinson

cerebro com alzheimer 1400x800 0617
Alexilusmedical/shutterstock

Além de ter impacto na postura e em possíveis dores na coluna, a posição em que você dorme pode ter efeito significativo na sua saúde neurológica e determinar as chances de sofrer de Alzheimer e Parkinson. É o que indica um recente estudo realizado pela Universidade Stony Brook, nos EUA.

Dormir de lado pode evitar Parkinson e Alzheimer

De acordo com os pesquisadores, dormir de lado pode ajudar a eliminar do cérebro resíduos que contribuem para doenças como Alzheimer e Parkinson. O trabalho científico apontou, através de ressonância magnética em ratos, que o sistema que remove os resíduos químicos do órgão funcionava melhor quando os roedores dormiam em posição lateral.

sono descanso sonho 0817 1400x800
Ollyy/Shutterstock

Os resultados, publicados no The Journal of Neuroscience, indicam que embora o experimento tenha sido realizado apenas em cobaias, os mesmos benefícios do sono lateral se aplicariam aos seres humanos. Mais estudos na área, no entanto, são necessários para confirmar a hipótese.

Segundo um dos autores da pesquisa, é interessante conhecer o fato de que dormir de lado é a posição mais comum entre humanos e na maioria dos animais, sinalizando que nós nos adaptamos à posição lateral justamente para limpar de forma mais eficiente o cérebro dos resíduos químicos.

Alzheimer: sintomas e prevenção