mulher

Pesquisa revela tipos de calçados que mais machucam os pés: mulher é quem sofre mais

sapatos femininos 0817 1400x800
DenisProduction.com/Shutterstock

As mulheres são as mais afetadas pelos tipos de calçados que causam dor nos pés. A descoberta é de uma pesquisa brasileira que analisou as queixas mais comuns e os tipos de sapatos utilizados durante a jornada de trabalho. Entenda:

Calçados que mais machucam os pés

A pesquisa “O trabalho e a relação com os pés, tornozelos e joelhos”, realizada pelo departamento de pesquisas Pés Sem Dor, avaliou 2940 pessoas com idades entre 20 a 69 anos e profissões variadas.

Quase metade (49%) da amostragem apresentou sobrepeso ou obesidade leve, que também colaboram com o incômodo periférico. 

sapatilha sapato 1400x1000 0916
bese/shutterstock

Sapatilha e tênis são os mais usados

Foi constatado que o sapato mais utilizado por mulheres é a sapatilha, que calça 31% dos pés. O tênis ficou em segundo lugar, seguido do salto baixo e do conforto feminino - modelo mais flexível.

Entre os homens, 26% preferem o tênis. Em ordem decrescente, os demais sapatos masculinos mais utilizados são o social, o conforto masculino e o sapatênis.

Dor nos pés e tipo de calçado

A pesquisa analisou as principais lesões que geram incômodo nos pés de acordo com o sapato utilizado. Veja:

Calos

calo nos pes 0817 1400x800
Patcharapa/Shutterstock

Mais da metade das mulheres que participaram do estudo afirmaram sofrer com calos nos pés, contra apenas 30% dos homens. Ao todo 44% dos entrevistados relataram a lesão.

A diferença na incidência entre sexos é explicada pelo tipo de sapato que mais causa calos: majoritariamente, os modelos femininos são os mais danosos, especialmente os oxfords, saltos médio/alto e sapatilhas.

Bolhas

bolha nos pes 0817 1400x800
Fotos593/Shutterstock

Metade dos entrevistados afirmou ter bolhas nos pés. Entre as mulheres, o problema foi registrado em 59,2% dos casos; já nos homens, a percentagem caiu para 32,09%.

As botas de trabalho de borracha ou PVC e os sapatos de bico de aço, usados em setores como construção civil e siderúrgico, são os principais causadores de bolhas nos pés.

Entre os sapatos casuais, os que provocam a lesão são chinelo, sapato social masculino, sapatilha e salto médio/alto. 

Frieira

frieira como evitar 0816 1400 933
Vadim Georgiev/shutterstock

Um terço dos entrevistado revelou sofrer com frieira nos pés, condição causada pela proliferação excessiva de fungos, geralmente devido à umidade, ao calor ou à baixa imunidade.

O problema é mais frequente em homens, e os sapatos relacionados à condição são botas de segurança de borracha, PVC ou bico de aço.

Entre os calçados casuais, os que mais provocam frieiras são os fechados, como bota, mocassim, oxford, sapatênis, tênis e sapato terapêutico.

Inchaço

pe inchado 0817 1400x800
Akkalak Aiempradit/Shutterstock

Ainda foi revelado que 84% das mulheres e 77% dos homens sentem pernas e pés inchados ao fim do dia.

O calçado relacionado à condição é o clog, modelo semelhante ao famoso Crocs. O estudo acredita que esse sapatos não causem inchaço, mas sejam uma opção mais confortável para quem já apresenta o edema, que é fruto de alterações circulatórias ou de acúmulo de líquido.

O problema ainda foi ligado ao uso de botas casuais e botas de segurança, especialmente por mulheres.

Unhas encravadas

unha encravada 0817 1400x800
Robert Przybysz/Shutterstock

Já a unha encravada afeta 37% das mulheres e 27% dos homens, o que equivale a 34% de todos os pesquisados.

O problema foi relacionado principalmente ao uso de botas femininas casuais e de segurança. Ainda houve alta incidência em usuários de clog, sapatilha, rasteira, tênis e sapato social masculino.

Formigamento nos pés

formigamento nos pes 0517 1400x800
kaarsten/iStock

Sessenta e seis porcento das entrevistadas e metade dos entrevistados disseram sentir os pés dormentes ou formigando durante o trabalho.

As causas do formigamento incluem condições importantes, como diabetes, até compressão de nervo causada por sapatos desconfortáveis.

Neste último caso, 50% dos acometimentos possuem relação com botas de segurança feitas de borracha ou PVC. Em menor escala, o formigamento fica por conta dos mocassins, sapatos de bicos de aço, rasteirinha e chinelo.

Calçados que machucam os pés