mulher

Endometriose, infecções e mais 9 doenças e lesões que podem causar dor na lombar

coluna lombar desvios 1400x800 0417
Alila Medical Media/shutterstock

Lombalgia é um condição caracterizada por dores na parte inferior das costas que atingirá 80% da população mundial ao menos uma vez na vida, segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS). Ela incomoda tanto que é uma das principais causas de afastamento do trabalho. Apesar de ser comum e frequentemente relacionada a má postura, a dor na lombar ainda pode ser sintoma de quadros mais graves.

Causas da dor na lombar

Colchão ruim e posição inadequada

pescoco costas sono 1216 1400x800
CLIPAREA l Custom media/istock

Sentir dor na lombar ao acordar pode ser fruto de um colchão irregular. O ortopedista Clóvis Castanho Silveira Junior, do Hospital Moriah, ressalta que o estofado da cama tem validade média de dez anos. Depois disso, ele pode ficar macio demais para ser usado, gerando as dores nas costas.

Além disso, a postura durante a noite pode influenciar. A melhor posição para dormir é a lateral e com dois travesseiros: um sob a cabeça e outro menor entre os joelhos.

Artrose lombar

coluna vertebra disco 1400x870 0417
Medical Art Inc/shutterstock

Artrose é uma doença degenerativa que atinge os discos entre as vértebras, gerando instabilidade em toda a espinha dorsal. Costuma ser resultante do processo natural de envelhecimento ou de sobrecargas. Quando se manifesta na lombar, gera dor e rigidez.

Contratura muscular

musculos coluna lombar 0417 1400x800
Sebastian Kaulitzki/Shutterstock

Na maioria das vezes, é uma alteração muscular que está por trás da dor lombar. A contração do músculo de modo incorreto, por exemplo, faz com que ele fique estático e não volte ao seu estado original, criando inflamação e dor. Muitas vezes, esse processo deixa as costas travadas.

É resultado de sobrecargas, como pegar peso excessivo ou realizar atividades muito intensas, mas também pode ocorrer em pessoas que ficam muito tempo na mesma posição.

Distensão muscular

A dor na lombar ainda pode ser resultante da distensão ou do estiramento de um músculo ou ligamento, o que deixa a coluna instável e causa dor. Essa dor nas costas ocorre por má postura, excesso de peso, prática de atividades físicas, movimentos bruscos e repetitivos ou quedas.

Problemas do disco vertebral lombar 

hernia de disco 1400x800 0117
CLIPAREA l Custom media/shutterstock

Condições como hérnia de disco e bico de papagaio fazem parte da gama de problemas chamada discopatia. O termo se refere a doenças degenerativas do disco, anel cartilaginoso localizado entre duas vértebras da coluna.

É um acometimento natural causado pelo envelhecimento e estilo de vida de cada pessoa. Seus sintomas incluem dor na lombar ao acordar ou ficar muito tempo sentado, frequentemente irradiada para as pernas.

Fraqueza muscular

A falta de força nos músculos faz com que a coluna e as articulações não fiquem corretamente estabilizadas. Como resultado, aparecem dores nas costas que podem irradiar para outras partes do corpo, como braços e pernas.

Menstruação, TPM e doenças do sistema feminino

mulher com colica 0816 1400x800
antoniodiaz/Shutterstock

Muitas vezes, as cólicas são irradiadas para lombar. Isso ocorre por conta das contrações expelidas pelo útero no objetivo de eliminar o sangue menstrual e a ligação que essas duas partes do corpo - útero e coluna lombar - têm desde o período embrionário. É um processo natural e costuma passar após o fim do ciclo.

Além disso, endometriose, infecção na bexiga e outras condições do tipo podem causar dores tão intensas que refletem na lombar baixa.

Problemas de estômago e intestino

Algumas vezes, a dor na lombar não resulta em problemas relacionados à coluna e sim aos órgãos do sistema gastrointestinal. Alguns tipos de úlceras, doenças do reto e até mesmo constipação podem gerar um incômodo muito parecido com a dor nas costas.

Rins

problemas nos rins 0816 1400x800
phugunfire/shutterstock

Sentir dor nas laterais da lombar pode indicar que algo vai errado com os rins. Pedras e infecções nesse órgão podem causar o sintoma. A dica para descobrir se há a necessidade de se preocupar é observar a presença de sintomas concomitantes, como alterações na urina e febre. Se confirmar, busque um médico.

Como aliviar dor na lombar?

O tratamento para dor lombar depende do quadro por trás do incômodo, podendo incluir:

Mudança de hábitos

postura boa ruim 1216 1400x800
jehsomwang/Shutterstock

O ortopedista pode indicar atitudes como tomar mais cuidado com a postura, perder de peso, trocar colchão com mais de 10 anos e praticar atividades físicas regularmente.

Terapias

Patologias que levem a dor por mais de três semanas, como hérnia de disco e artrose lombar, geralmente precisam de acompanhamento fisioterápico. Outras terapias frequentemente usadas são RPG, quiropraxia e acupuntura.

Os benefícios do Pilates também podem ser usufruídos, visto que melhoram flexibilidade, postura e ainda fortalecem os músculos.

Medicamentos

remedios mais caros 0317 1400x800
Viperfzk/istock

O médico pode receitar analgésicos e anti-inflamatórios para aliviar o incômodo na lombar. 

Compressas

De acordo com o especialista, a fase aguda (com dor mais forte e constante) pode pedir o uso de compressas geladas para alívio dos sintomas. Elas podem ser feitas por 20 minutos e intervalo de duas horas entre cada.

Já as compressas quentes, segundo Clóvis, são ideais para dor na lombar crônica, comum em patologias de longa duração. Também pode ser realizada por 20 minutos com intervalo de duas horas, mas é preciso tomar cuidado para não queimar a pele, sempre deixando a temperatura da água morna.

Alongamentos

alongamento idosas 0417 1400x800
FatCamera/iStock

Alongamentos têm o poder de prevenir e até combater a dor nas costas, mas realizá-los sem orientação de profissionais de saúde pode piorar ainda mais o quadro. Portanto, peça ajuda para um fisioterapeuta, educador físico ou ortopedista.

Dor na lombar na gravidez

barriga dura gravidez 022017 1400 1200
papamafia/shutterstock

Uma das dores na gravidez mais comuns ocorre na região lombar e é resultante do esforço em sustentar o peso da barriga, o que acaba levando ao aumento da lordose - curvatura normal da parte inferior da coluna, mas que pode aumentar e se tornar uma hiperlordose. Ela costuma surgir no terceiro trimestre de gravidez e pode se espalhar para as pernas.

O que fazer

A dor na lombar pode ser evitada por meio da prática de atividades físicas desde antes do inicio da gravidez, já que o fortalecimento muscular auxilia a sustentação da barriga. Além disso, é preciso tomar cuidado com o ganho excessivo de peso nessa fase.

Se a dor for intensa, pode-se procurar um ortopedista para que ele receite analgésicos adequados a esse período e/ou sessões de fisioterapia.

Mais sobre dores nas costas