mulher

Carne vermelha está associada a doença grave no intestino: quanto é seguro comer?

carne macia garfo 1116 1400x800
RapidEye/istock

Presente quase que diariamente na mesa do brasileiro, a carne vermelha é tradição nas refeições, sacia, traz importantes nutrientes ao corpo, mas, como qualquer outro tipo de alimento, pode ser prejudicial se consumida sem moderação.

Carne vermelha pode estar associada à diverticulite

A ingestão excessiva de carne vermelha já foi relacionada a um aumento no fator de risco de cânceres e, segundo um recente estudo sobre alimentação, ela pode estar associada à diverticulite, uma doença caracterizada por bolsas inflamadas no revestimento do trato digestivo e que pode levar a dor severa e evoluir para quadros mais sérios e fatais.

carne hamburguer churrasco 1116 1400x800
mpessaris/istock

A pesquisa contou com dados de 46.461 profissionais de saúde do sexo masculino obtidos através de um estudo contínuo iniciado em 1986. Periodicamente, os homens eram questionados sobre estilo de vida, histórico médico e dieta, incluindo o consumo de carne vermelha, frango e peixe e processados.

O trabalho científico descobriu então que o grupo de homens que mais consumia carne vermelha apresentou aumento de 58% nos riscos de diverticulite. A maior parte foi devido à carne vermelha não processada e, para cada dose diária adicional, as chances da doença cresciam em até 18%.

Carne vermelha: quanto comer para não prejudicar a saúde

churrasco carne vermelha 0117 1400x800
Alexander Raths/Shutterstock

O consumo diário de carne vermelha tem sido associado, de acordo com diversos estudos recentes, a maiores riscos de doenças cardiovasculares e óbitos quando os cortes são gordurosos ou mesmo em versões processadas.

Especialistas apontam que, no geral, é seguro comer carne vermelha até três vezes por semana. O ideal é sempre alternar a ingestão de carnes vermelhas com aves e peixes para garantir melhor equilíbrio ao organismo. Combinados, os tipos diferentes de carne que poderiam suprir as necessidades nutricionais devem ficar entre 100g e 120g por dia.

Cuidados com estômago e digestão