mulher

Anticoncepcional injetável para homens é testado, funciona, mas gera série de efeitos

anticoncepcional masculino 1016 1400x800
Sunflowerr/nikolae/shutterstock

Pílulas, adesivos e injeções anticoncepcionais hormonais são comuns entre mulheres, mas ainda em fase inicial de desenvolvimento para os homens. Uma nova pesquisa é um dos primeiros passos na elaboração de um método feito de hormônios para o público masculino. Conheça a seguir a eficácia e a segurança do medicamento.

Anticoncepcional masculino 

Com o objetivo de desenvolver um método anticoncepcional seguro, eficaz e reversível para homens, pesquisadores da Organização Mundial da Saúde (OMS) avaliaram o efeito de injeções dos hormônios testosterona e progestagênio em 320 homens com idade de 18 a 45 anos.

Eram dadas duas injeções, administradas via intramuscular, uma com 200 mg de noretindrona e outra com 1.000 mg de testosterona a cada 8 semanas.

Eficácia 

Os 320 participantes do estudo receberam as injeções e 95,9% tiveram uma redução da concentração de espermatozoides igual ou menor a 1 milhão/ml, considerado baixo.

anticoncepcional injetavel 1018 1400x800
areeya_ann/shutterstock

Desses, 266 seguiram para a fase de testagem da eficácia, em que o único remédio anticoncepcional usado deveria ser a injeção para homens. Depois de um ano, havia ocorrido 4 gravidezes.

Efeitos adversos 

Além da taxa de gravidez significativa, as injeções provocaram efeitos colaterais. Oito homens não recuperaram sua contagem normal de espermatozoides um ano após o final do estudo.

Entre os efeitos adversos, os transtornos de humor e depressão foram os mais comuns, sendo que os pesquisadores optaram por não recrutar mais participantes justamente por causa do risco de ocorrência dessas adversidades.

Também foram reportados casos de acne, dor no local da injeção e aumento anormal da libido.

Anticoncepcional hormonal para homens: será ou não uma opção? 

O novo método parece ser promissor para evitar gestações e mostra que a terapia hormonal, já realizada entre as mulheres, pode ser uma opção para eles também. No entanto, seus resultados ainda são muito primários e outras pesquisas estão sendo feitas para encontrar os níveis ideais de hormônios contraceptivos para os homens, reduzindo efeitos colaterais e aumentando ainda mais sua eficácia.

Ainda há um longo caminho a ser percorrido até que tenhamos uma opção de anticoncepcional masculino nas prateleiras das farmácias. Mesmo assim, esse primeiro passo é um bom indício de que a responsabilidade pela contracepção deixará em breve de ser apenas da mulher. 

Contraceptivos masculinos