mulher

10 dicas para mandar nudes (e apimentar a relação) com segurança

O hábito de mandar nudes, ou seja, enviar fotos íntimas para parceiros e paqueras, tem ganhado muitos adeptos nos últimos tempos. No entanto, alguns cuidados devem ser tomados para que essa prática não se transforme em um pesadelo e todo o seu conteúdo pessoal se torne público.

Dicas de segurança digital

A maioria dos vazamentos ocorre por descuido do próprio usuário ou por desconhecimento das funções de proteção dos aparelhos e dispositivos eletrônicos. Pensando nisso, a TecTotal, empresa que presta suporte técnico e segurança digital, lista dez dicas para evitar que seus arquivos e informações pessoais, como dados bancários e de redes sociais, vídeos e fotos, caiam na rede.

1. Não divulgue suas senhas

Muito cuidado com o compartilhamento de senhas entre amigos, parentes e conhecidos. Tente também não utilizar a mesma senha em várias plataformas e aplicativos, isso evita o acesso fácil de pessoas mal intencionadas.

2. Utilize um antivírus

Não se esqueça de que a internet é um lugar hostil, por isso, você precisa se proteger. Opte pelos serviços mais conhecidos e mantenha o smartphone e os demais dispositivos eletrônicos longe de problemas.

3. Cuidado com as redes Wi-Fi públicas

Evite ao máximo navegar na internet usando Wi-Fi público, aberto para todos. Essas redes podem ser armadilhas para coletar dados e fazer o que quiser com eles, então prefira conectar-se a redes já conhecidas e que não apresentem perigo.

4. Coloque senhas em tudo

Em todos os aparelhos eletrônicos que puder. Se possível, tente misturar letras e números, e escolher senhas não tão óbvias.

5. Evite salvar seus arquivos em mídias físicas

Por exemplo, em pen drive, CD e HD Externo. Se alguém com más intenções encontrá-los, pode vazar suas informações. Outro cuidado importante: não descarte em qualquer lugar as mídias físicas quando for jogá-las fora, sempre destrua antes.

6. Armazene os arquivos com senha

Para armazenar os nudes, procure compactar os arquivos e colocar senhas para dificultar o acesso. Utilize também o aplicativo Private Photo Vault (disponível para iOS e Android), que direciona a foto diretamente para a pasta do app, com senha obrigatória.

7. Utilize serviços de nuvem confiáveis

Dê preferência a uma empresa conhecida. Evite serviços em nuvem gratuitos, que não dão suporte e nem garantia caso precise depois. Também tente não manter dados importantes armazenados em e-mail, pois qualquer um que queira terá acesso fácil a eles.

8. Não multiplique seus arquivos

Multiplicar é diferente de fazer backup. O backup é feito com intuito de ser uma cópia de segurança, já multiplicar é colocar os arquivos em vários dispositivos, o que é perigoso, uma vez que corre-se o risco de não conseguir mais manter o controle sobre eles.

9. Cuidado na hora de excluir arquivos.

Não se esqueça de esvaziar a lixeira sempre.

10. Cuidado com o compartilhamento de informações e aparelhos eletrônicos

Quando levar os equipamentos - tablet, computador e smartphone - para conserto transfira os dados importantes para outro dispositivo e procure empresas sérias e de qualidade, que lhe ofereçam segurança.

Para sair bem nas fotos: 5 coisas que você não pode fazer