mulher

Influencer reflete sobre gordofobia em memes de "antes e depois da quarentena"

Instagram

Diante da onda de memes que tomou conta das redes sociais nos últimos dias por causa do novo coronavírus, a influencer Alexandra Gurgel decidiu usar seu Instagram para fazer um alerta a respeito de conteúdos gordofóbicos.

Através de um vídeo publicado no IGTV, a jornalista falou a respeito das imagens divulgadas recentemente, que comparam o "antes e depois da quarentena", insinuando que as pessoas passarão de corpos magros a gordos após o período de afastamento social.

Gordofobia em memes

Instagram

Logo na abertura do vídeo, Alexandra mostrou alguns dos memes com conteúdos gordofóbicos que têm circulado na web. Com isso, ela explica por que algumas pessoas têm se sentindo ofendidas com as imagens.

"Todo mundo que está em casa parado, pensando em produzir alguma coisa, e está produzindo este tipo de conteúdo, só mostra como a gordofobia é tão entranhada na sociedade, que as pessoas associam automaticamente o comer como vício, a comida como vilã e inimiga... Isso é gordofóbico porque você fala que estas são atitudes de pessoas gordas".

Instagram

Em seguida, a influencer levanta uma reflexão sobre os hábitos alimentares de uma pessoa que conseguiria engordar exageradamente em um curto período de tempo - como é o caso das fotos usadas nos memes.

"Como é a relação de uma pessoa com a alimentação, que ela come de uma forma tão grande que tem esta mudança de corpo em um mês? [...] Engordar deliberadamente 50kg em um mês é um absurdo", exclama.

"Vejam as pessoas gordas que vocês seguem. Elas estão engordando 40kg, 50kg por mês? Entende como isso é ridículo? Como não faz sentido? Entendam, por favor, de uma vez por todas, que pessoas gordas podem ser gordas só por que são gordas, só por que é biotipo, uma característica... [...] E em nenhum momento estou fazendo apologia à obesidade, estou fazendo apologia a você ser livre", completa.

Assista ao vídeo completo:

Famosas empoderadas