mulher

Delegacia da Mulher intima Petrix Barbosa: depoimento está marcado para sexta (7)

petrix bbb flayslane 012020 1400x800
Globo/Victor Pollak

A Polícia Civil do Rio de Janeiro confirmou que a DEAM (Delegacia de Atendimento à Mulher), de Jacarepaguá, entregou uma intimação ao ginasta Petrix Barbosa, por meio do departamento jurídico da TV Globo, nesta segunda-feira (3).

Segundo informações oficiais, o depoimento do participante do "Big Brother Brasil 20" está marcado para sexta-feira (7).

O atleta se envolveu em polêmicas nas últimas semanas por causa de seu comportamento com outras participantes do programa. Os gestos do brother causaram desconforto e renderam até acusações de assédio contra algumas colegas.

Petrix no "BBB20"

As cenas que mostram as atitudes de Petrix com outras participantes do reality show tomaram as redes sociais nas últimas semanas e causaram desconforto. Os fãs do programa se dividiram entre aqueles que pediam a expulsão do ginasta e pessoas que não viram natureza criminosa nos atos do brother.

Durante as festas do programa, ele foi acusado de tocar os seios da blogueira Bianca Andrade, a Boca Rosa, assim como os seios da influencer Mari Gonzalez, enquanto ambas estavam embriagadas. As situações aconteceram em festas diferentes.

Em outro momento do programa, logo após o anúncio do primeiro eliminado da competição, Bianca Andrade foi conversar com o ginasta e recebeu um abraço que foi mal-recebido pelos telespectadores do programa.

No vídeo, é possível notar o estranhamento de Flayslane, outra colega de confinamento. O trecho foi compartilhado inúmeras vezes nas redes sociais e gerou uma nova onda de reclamações.

No entanto, a cena mais polêmica aconteceu justamente com Flayslane, que estava sentada no chão, muito embriagada durante outra festa, quando Petrix roçou as partes íntimas na cabeça da sister.

O ato foi assistido pelos colegas de confinamento e Lucas chegou a satirizar. "O famoso quebra nozes", afirmou o brother fazendo Petrix cair na risada.

Para conter a crescente onda de protestos, a emissora carioca chegou a conversar com o ginasta, no confessionário do programa, e adverti-lo de suas atitudes. Após a bronca da produção, Petrix pediu desculpas pelo seu comportamento para Bianca Andrade e Flayslane.

Machismo no "BBB20"

A intimação de Petrix surge em um contexto de críticas do público à vigésima edição do "Big Brother Brasil", pois participantes do sexo masculino estão sendo acusados de machismo, desde suas declarações até estratégias de manipulação do jogo.

prova do anjo bbb20 1400x800 0120
Reprodução/ Globoplay

De olho nas reclamações, que chegaram a pessoas públicas como atrizes globais, a Diretoria de Mulheres da OAB/RJ e a Comissão OAB Mulher da Seccional do Rio de Janeiro publicaram uma nota de repúdio ao tratamento dado às mulheres pelos participantes homens do reality show na última sexta-feira (31).

Leia a nota abaixo:

Estão sendo veiculadas na TV e noticiadas nas redes sociais diversas cenas em que, não só as participantes mulheres são completamente coisificadas e ofendidas, como também sofrem contatos físicos que podem ser interpretados como de cunho sexual.

É extremamente preocupante que comportamentos como esses sejam veiculados em rede nacional de forma naturalizada. Eles refletem a violência com que as mulheres são tratadas diariamente em nosso país e podem acabar estimulando a perpetuação desse tipo de conduta pela sociedade, que a entende como positiva, já que está sendo praticada por homens que acabam se tornando "ídolos".

Além disso, é no mínimo temeroso colocar sobre as vítimas a responsabilidade da sanção contra esses atos. Isso porque, comumente, por questões estruturais da sociedade, as vítimas não têm consciência da gravidade das situações que vivenciam e, muitas vezes, também optam por não penalizar seus agressores, dentre muitos motivos, pelo temor de a denúncia se voltar contra elas.

Tendo em vista a repercussão que o programa possui em todo o Brasil, é de suma importância ressaltar que comportamentos como esses não podem ser tolerados e normalizados. É necessário não só exaltar, mas agir em prol do respeito às mulheres, do fim da violência e de todo o tipo de discriminação por gênero.

A Diretoria de Mulheres e a Comissão OAB Mulher RJ reiteram o repúdio a qualquer ato de violência de gênero, permanecendo em sua missão de promover a conscientização sobre o assunto, além de ações para prevenção e enfrentamento dessa triste realidade.

Rio de Janeiro, 31 de janeiro de 2020.

Petrix denunciou assédio sexual

petrix foto apresentacao 012020 1400x2101
Globo/Paulo Belote

Não é a primeira vez que Petrix tem seu nome envolvido em um caso de crime sexual - da outra vez, contudo, ele foi a vítima.

Em abril de 2018, Petrix veio a público denunciar abusos do ex-técnico da seleção brasileira Fernando de Carvalho Lopes, responsável por treiná-lo na infância e adolescência. Na ocasião, mais de 40 ginastas e ex-ginastas afirmaram ter sofrido assédio e o profissional foi afastado da seleção nacional às vésperas dos Jogos Olímpicos do Rio.

Polêmicas do "BBB20"