Paolla Oliveira explica o motivo real por trás da decisão de denunciar crime virtual

paolla oliveira featured 0719 1400x800 0
Anderson Borde/AgNews | Anderson Borde/AgNews

Paolla Oliveira compareceu à Delegacia de Repressão aos Crimes da Internet, no Rio de Janeiro, após ser vítima de uma boato nas redes sociais. A atriz de "A Dona do Pedaço" e outros sucessos da TV Globo foi apontada erroneamente em um vídeo adulto e, mesmo esclarecendo que foi confundida com outra atriz, Paolla resolveu denunciar os responsáveis por relacionar seu nome ao vídeo.

Logo após deixar a delegacia na companhia de seu advogado, a intérprete de Vivi Guedes na novela das nove escreveu uma carta aberta aos fãs, que foi publicada em suas redes sociais. No texto, ela explica o motivo que a fez levar até o fim as investigações do caso.

Com a explicação, Paolla fez uma importante reflexão sobre as mulheres que sofrem com a intimidade exposta na internet e encorajou as vítimas desse tipo de crime. Confira:

Paolla Oliveira presta queixa em delegacia

View this post on Instagram

Estive hoje na delegacia para cumprir um dever cívico, não só por mim, mas também por todas as mulheres que, diferente do meu caso, realmente tiveram sua intimidade exposta... Tomei conhecimento de que assim como eu, dezenas de pessoas procuram a delegia de crimes virtuais todos os dias, em sua grande maioria são mulheres que sofreram ofensas e ameaças de todos os tipos. NÃO SE CALEM. DENUNCIEM!!! Maior do que a vergonha de se ver exposta é a importância de não deixar esses crimes impunes. MENINAS, MULHERES, PESSOAS DE TODOS OS TIPOS, PROTEJAM-SE. Infelizmente, na era digital um simples celular acaba com a intimidade de pessoas públicas e anônimas. Foi muito VIOLENTO mesmo NÃO SENDO EU naquele vídeo, fico imaginando a dor de quem é realmente vítima de pornografia de vingança ou qualquer tipo de exposição da sua intimidade. A INTERNET NÃO SE APAGA. Cuidem-se. Nossa privacidade é um bem muito valioso pra entregar nas mãos de outras pessoas. Deixo aqui meu agradecimento especial a DRCI (Delegacia de Repressão aos Crimes da Internet). . . Ilustração: @deboraislas

A post shared by Paolla Oliveira (@paollaoliveirareal) on

Paolla escolheu uma imagem bem representativa para ilustrar suas ideias no post do Instagram. Nela, aparecem punhos de mulheres apontados para cima, um símbolo de luta, já que afirmou que sua denúncia era em nome de todas as mulheres que sofrem esse tipo de crime.

"Estive hoje na delegacia para cumprir um dever cívico, não só por mim, mas também por todas as mulheres que, diferente do meu caso, realmente tiveram sua intimidade exposta. Tomei conhecimento de que assim como eu, dezenas de pessoas procuram a delegacia de crimes virtuais todos os dias, em sua grande maioria são mulheres que sofreram ofensas e ameaças de todos os tipos. Não se calem. Denunciem!", começa.

paolla oliveira depoimento 0719 1400x1189
Anderson Borde/AgNews

Logo em seguida, ela fala sobre a gravidade de crimes como esses, que ferem a moral e ultrapassam todos os limites do respeito e da preservação da imagem e privacidade. Eles precisam ser denunciados, pois situações como essas realmente abalam as vítimas.

"Infelizmente, na era digital um simples celular acaba com a intimidade de pessoas públicas e anônimas. Foi muito violento mesmo não sendo eu naquele vídeo, fico imaginando a dor de quem é realmente vítima de pornografia de vingança ou qualquer tipo de exposição da sua intimidade. A internet não se apaga. Cuidem-se. Nossa privacidade é um bem muito valioso pra entregar nas mãos de outras pessoas", finaliza.

paolla oliveira depoimento 0719 1400x983
Anderson Borde/AgNews

Crimes na internet