mulher

Mais uma modelo da Victoria's Secret provou que ter estrias NÃO é um defeito: "Seja você"

Gizele Oliveira é uma modelo brasileira que já trabalhou com grandes marcas internacionais e, recentemente, chamou atenção ao participar do famoso desfile anual da Victoria's Secret, que foi realizado na China.

Considerada uma das promessas da passarela, ela voltou a roubar a cena mais uma vez ao entrar para o time de famosas que estão promovendo uma verdadeira quebra de padrões de beleza, com atitudes simples e cheias de significado para muita gente.

Corpo real com estrias

Em sua página no Instagram, a top publicou uma foto em que aparecia de costas, vestida apenas com a parte de baixo de um biquíni. Carregada de sensualidade, a imagem acabou roubando a cena, na verdade, por trazer uma mensagem muito importante por trás.

Sem esconder seu “corpo real”, Gizele ostentou seu bumbum com estrias bem visíveis e mandou um recado claro sobre amor próprio e autoestima na legenda do clique: “Seja você”, escreveu ela.

O post agradou diversas seguidoras da modelo, que aplaudiram a postura e não pouparam elogios ao seu visual. “Lindo de te ver em sua beleza natural, nos mostra que você é imperfeitamente perfeita”, mandou uma. “Uau, agora não tenho mais medo de estrias, as suas são lindas”, disse outra.

Movimento de aceitação de "imperfeições" por modelos

Vale lembrar que a brasileira não foi a primeira top da Victoria’s Secret a mostrar seu corpo sem retoques na web. Quase dois anos antes, a Angel Jasmine Tookes exibiu suas estrias na pele em fotos de um ensaio realizado para a marca – que, ironicamente, é conhecida por abusar da edição de imagens em suas campanhas.

Nas duas ocasiões, as modelos provam que qualquer mulher está sujeita a ter marquinhas no corpo e que isso não é nenhum problema. Muito pelo contrário, isso mostra que todos somos iguais e que nem sempre o que vemos em revistas, catálogos, televisão e até nas redes sociais é de verdade.

Exemplos de "body positive"