pop

5 coisas que os humanos vivem fazendo com seus cães, mas irritam os animais

homem abraco cachorro 0617 1400x800
Daxiao Productions/shutterstock

Sem poder compreender exatamente o que seus cães querem transmitir através de latidos e atitudes, muitas vezes humanos acabam fazendo coisas que, apesar de parecerem inofensivas, carinhosas e divertidas, irritam e estressam os animais. Conheça comportamentos comuns que devem ser evitados no convívio com o pet:

Coisas que humanos fazem, mas os cães não gostam:

1. A antiga “brincadeira” de segurar um pedaço de pau ou objeto no ar para fazer o cão saltar pode parecer divertida e até encarada como um estímulo para a prática de exercício do animal, mas saiba que a atitude causa estresse e ansiedade pela sensação de impotência e frustração e pode até prejudicar a saúde física, devido ao esforço concentrado que os bichinhos precisam fazer com as patas traseiras.

pug cachorro colo 0517 1400x800
GCShutter/iStock

2. Quando um cão aparentar susto e medo, deixe-o sozinho e evite dar abraços e fazer carícias. Ao contrário do que costumamos imaginar, demonstrar proteção e afeto excessivos pode fazer com que o animal fique ainda mais amedrontado, já que sente que realmente está acontecendo algo ruim. Procure manter a naturalidade para transmitir calmaria ao pet.

3. Quem ama cachorro sabe como é difícil resistir à vontade dar constantes abraços no animal. Mas saiba que a atitude carinhosa pode ter efeito contrário e deixar o pet incomodado, mesmo se ele não demonstra o desconforto de forma clara. Estudos indicam que a grande maioria dos cães apresentam sinais de ansiedade e mal-estar quando são abraçados por seus donos.

cachorro faro maos 0517 1400x800
Lolostock/shutterstock

4. Constantemente conversamos com nossos cães, mesmo sabendo que eles não são capazes de compreender as palavras, mas somente os gestos. Insistir em “dialogar” o tempo todo é outro hábito que também pode provocar grande estresse e ansiedade ao animal.

5. Os cães podem até tolerar e não demonstrar desconforto de maneira óbvia quando você faz carinhos no rosto dele ou dá tapinhas afetuosos na cabeça, mas saiba que eles não gostam muito do gesto e preferem muito mais ser acariciados nas costas, em direção à cauda.

Animais de estimação