explore

Após outubro frio, novembro também pode ter temperatura atípica no Sudeste: previsão

chuva sao paulo 08 21 1400 800
iStock

A segunda quinzena de outubro, época em que comumente o calor costuma chegar para ficar, foi marcada por dias atípicos de muito frio e chuva na região Sudoeste do país, com direito até mesmo a queda de granizo e ventania com rajadas de mais de 100 km/h.

Se você pensou que, com a chegada do mês de novembro, este cenário ia mudar e o calor chegaria de vez, saiba que não é isso que a meteorologia está indicando para os próximos dias.

Por que está frio na região Sudeste do Brasil?

rio de janeiro chuva 12 20 1400 800
Shutterstock

A segunda quinzena de outubro trouxe baixas temperaturas e muita chuva para os estados da região Sudeste do país.

O motivo por trás desta mudança climática está em dois fenômenos climáticos: La Ninã e Alto Bolívia.

O primeiro se trata de um período em que a temperatura da água na porção central-leste do oceano Pacífico Equatorial fica abaixo do normal, tanto na superfície quanto em profundidade. Já o segundo é um sistema meteorológico típico de verão que ocorre em torno de 10 km acima da superfície e é a resposta da alta atmosfera a um grande aquecimento em superfície.

chuva sao paulo 03 21 1400 800
iStock

Segundo o Climatempo, a combinação entre estes dois fenômenos resultou em um grande corredor de umidade sobre o Brasil, levando ao clima frio e chuvoso dos últimos dias.

Novembro pode ter frio atípico como em outubro?

sao paulo frio 1400x800 0520
Thiago Leite/Shutterstock

De acordo com o Climatempo, os primeiros dias de novembro serão marcados por temperaturas ligeiramente mais altas, porém os termômetros não devem passar dos 25°C nos primeiros dez dias do mês.

Com isso, não se pode descartar a ocorrência de mais episódios de frio atípico no centro-sul do país, com temperaturas dentro ou abaixo da média em algumas partes da Região Sudeste.

O motivo está novamente no fenômeno La Niña, que deve seguir no Pacífico Equatorial e continuar auxiliando no aumento de nebulosidade e temperaturas mais próximas da normalidade.

Mais notícias climáticas