explore

Jogos Olímpicos demitiram diretor um dia antes da abertura: "Ridicularizou tragédia histórica"

gettyimages 1330204243 1
Lintao Zhang/Getty Images

Os Jogos Olímpicos de Tóquio, adiados em um ano por causa da pandemia da Covid-19, finalmente começaram. Mas além dos desafios por causa da doença, o evento enfrentou algumas polêmicas.

A mais recente delas aconteceu um dia antes da cerimônia de abertura dasOlimpíadas, quando o diretor criativo da inauguração, Kentaro Kobayashi, foi demitido.

Diretor é demitido antes da abertura das Olimpíadas

O comediante e ator Kentaro Kobayashi, diretor criativo da abertura dos Jogos Olímpicos de Tóquio, foi demitido um dia antes do evento

A demissão aconteceu após surgirem vídeos dele fazendo piadas sobre o Holocausto. "Vamos brincar de Holocausto", disse em um ato de comédia que fez em meados da década de 1990, no qual fingia ser um artista infantil brincando com bonecas.

gettyimages 1330201538 0
Dylan Martinez - Pool/Getty Images

Depois que isso foi descoberto, o presidente do comitê organizador, Seiko Hashimoto, disse: "Descobrimos que o Sr. Kobayashi, em sua própria performance, usou uma frase que ridiculariza uma tragédia histórica".

Hashimoto também se desculpou pela decisão tão abrupta e tão próxima da abertura das Olimpíadas, bem como pelos transtornos que isso poderia ter causado.

seiko hashimoto 07 21 1400 1500
Matthias Hangst/Getty Images

Mas vale lembrar que este não foi o único escândalo que cercou esta edição dos Jogos Olímpicos.

Outras pessoas afastadas

Anteriormente, o compositor Keigo Oyamada, cuja música seria usada na cerimônia de abertura, se afastou após chegar à comissão a informação de que ele havia intimidado alguns colegas com deficiência na escola.

Em março deste ano, a diretora criativa Hiroshi Sasaki também renunciou após afirmar que a comediante Naomi Watanabe, uma mulher gorda, deveria ser uma "Olympig" (porca olímpica em português).

Em fevereiro, mais um integrante do comitê olímpico foi demitido. Yoshiro Mori foi forçado a deixar o cargo de chefe do comitê organizador depois de comentar que as mulheres "falam muito" e que os conselhos com os diretores "demoram muito".

yosiro mori
Yoshikazu Tsuno - Pool /Getty Images

Apesar de todos esses escândalos que cercaram os Jogos Olímpicos, Tóquio e o mundo inteiro estão prontos para receber a mais importante competição esportiva, principalmente depois de ter esperado um ano para que ela acontecesse.

Olimpíadas de Tóquio

Matéria traduzida do original de VIX espanhol, do autor Ericka Chavez.