explore

Veja como ficam as novas parcelas do auxílio para mães, que recebiam R$ 1.200,00

auxilio emergencial dinheiro 1400x800 0720
Andre_MA/Shutterstock

O auxílio emergencial foi criado em abril deste ano para ajudar os brasileiros a enfrentar a crise econômica causada pela pandemia do novo coronavírus e, desde o início, as mães chefes de família recebiam o benefício em dobro.

Até agora, já foram pagas cinco parcelas de R$ 600,00 aos beneficiários do programa e o Governo Federal estendeu o auxílio até o fim deste ano, mas com valor reduzido, de R$ 300,00 por mês e as mulheres provedoras continuarão recebendo em dobro.

4 últimas parcelas do auxílio para mães chefe de família

Os beneficiários do auxílio emergencial vão ter direito a mais quatro parcelas de R$ 300,00 do benefício que serão pagas em setembro, outubro e novembro.

Antes a parcela era de R$ 600,00 e a mulher chefe de família monoparental recebia em dobro, ou seja, a parcela creditada na conta dessas mulheres era de R$ 1200,00.

auxilio emergencial 05 20 1400 800
Shutterstock

Embora nova medida provisória (MP) que estendeu o benefício tenha alterado os critérios para ter direito às quatro últimas parcelas do auxílio, nada muda para as mães chefe de família.

De acordo com o Ministério Público, a mulher chefe de família continua tendo direito ao benefício dobrado, ou seja, nas quatro últimas parcelas ela receberá o valor de R$ 600,00.

Auxílio Emergencial