explore

Homem que ofendeu entregador é banido do iFood: “Racismo é crime”

O homem que proferiu ofensas racistas e agressões verbais contra um entregador na região de Valinhos, em São Paulo, foi banido do aplicativo de entregas iFood. Em declarações publicadas no Twitter, a rede condena o episódio preconceituoso e afirma que irá prestar apoio à vítima.

Racismo contra Matheus Pires

Vídeos de um episódio lamentável de racismo tomaram as redes sociais e geraram revolta. Nas imagens, é possível ver o cliente chamando o entregador Matheus Pires de semianalfabeto e moleque. "Você trabalha de motoboy, quanto você tira por mês?" e "Você tem inveja dessas famílias" foram algumas das falas preconceituosas proferidas ao entregador.

O agressor ainda disse que o jovem tem “inveja disso aqui”, apontando para a própria pele branca. Matheus é negro.

O caso ocorreu no dia 31 de julho dentro de um condomínio de casas no interior de São Paulo.

IFood exclui usuário do aplicativo

O caso gerou uma enorme comoção na rede social, ganhando campanhas antirracistas de internautas e celebridades, além de uma onda de apoio a Matheus.

Pelo Twitter, o iFood se manifestou repudiando a cena e afirmando ter excluído o cliente agressor do aplicativo. A Rappi, outro app de entrega, também sinalizou estar apurando o caso.

Mais sobre o caso