explore

Fotos: as soluções criativas para evitar aglomerações durante a pandemia

cinema drive in 1400x800 0720
Miguel Schincariol/Getty Image

Os cinemas e shows no estilo drive-in não foram as únicas soluções para evitar aglomerações durante a pandemia do novo coronavírus.

Desenhos em chãos e gramados, objetos inanimados ocupando assentos e até mesmo bolhas gigantes individuais têm sido algumas das alternativas encontradas por restaurantes, eventos e espaços públicos para encorajar o distanciamento socialaté que um medicamento ou vacina contra a COVID-19 sejam descobertos. Confira alguns deles:

Medidas para manter o distanciamento

Shows e filmes dentro de carros

O drive-in está com tudo!! Desde os tradicionais filmes até shows, dá para conferir muita coisa dentro do carro.

A cantora Luísa Sonza foi uma das artistas que se apresentou dessa forma diferentona. Carros avançaram na pista do Allianz Parque, em São Paulo, e os aplausos deram lugar às buzinas. Os dançarinos estavam de máscara e, no drive-in, há um esquema especial para a comida e idas ao banheiro, tudo para evitar aglomerações.

Para ver mais fotos, basta arrastar para o lado:

Ursinhos e manequins no lugar de clientes

Com a reabertura parcial dos restaurantes, foi preciso afastar mesas e cadeiras para limitar a capacidade dos empreendimentos. Aqueles que não conseguiram mover os móveis de lugar precisaram ser criativos.

O restaurante "Maison Saigon", na Tailândia, colocou pandas de pelúcia nas mesas, enquanto o "Virginia Inn", nos Estados Unidos, utilizou manequins com roupas de época.

Instagram
restaurante manequins 1400x800 0720
Win McNamee/Getty Images

Mesas isoladas

Outro restaurante, desta vez o Mediamatic ETEN, em Amsterdã, na Holanda, conseguiu isolar as mesas da área externa.

Cada mesa fica dentro de uma "casinha" de vidro, e para que o serviço seja ainda mais seguro, os garçons usam tábuas compridas para servir os pratos.

Instagram
Instagram

Yoga em bolhas

Outra ideia para isolar clientes foi desenvolvida por um estúdio canadense de yoga. A Lmnts Outdoor Studio criou um estrutura parecida com uma "bolha gigante" para oferecer aulas em grupo com segurança.

Cada aluno tem sua própria "bolha", que é climatizada, para conseguir reproduzir as posturas e movimentos da aula sem entrar diretamente em contato com outras pessoas.

Instagram
Instagram

Show em bolhas

"Bolhas gigantes" também foram usadas em uma apresentação da banda The Flaming Lips. Tantos os integrantes do grupo quanto a plateia ficaram dentro da estrutura de plástico.

A apresentação ocorreu durante o programa The Late Show With Stephen Colbert, do canal CBS, dos Estados Unidos. Uma curiosidade: o vocalista, Wayne Coyne, já tinha o costume de andar pelo público dentro uma bola assim desde antes da pandemia.

Instagram

Ópera para plantas

Outra apresentação musical que chamou atenção foi a da reabertura da Ópera de Barcelona. Segundo a casa Gran Teatre del Liceu, que abriga a ópera, 2.292 exemplares de plantas assistiram ao espetáculo.

O número foi equivalente ao de profissionais na linha de frente na luta contra o coronavírus à época, segundo o comunicado no site do Liceu. Após a apresentação, as plantas foram doadas.

opera barcelona plantas 0620 1400x1050
Reprodução/LiceuBarcelona
opera barcelona plantas 2 0620 1400x1050
Reprodução/LiceuBarcelona

Desenhos nos parque e praças

Parques e praças também costumam atrair aglomerações, especialmente nos gramados, que são usados para tomar sol, fazer piqueniques, etc. Para garantir o distanciamento, alguns lugares passaram a delimitar o espaço de cada pessoa ou grupo na grama.

Uma praça em Bristol, no Reino Unido, ganhou 224 corações, um desenho mais fofo que o de círculos, que estão sendo muito usados ao redor do mundo. Abaixo, vemos também os círculos do Domino Park, em Nova Iorque.

coracoes gramado praca bristol 0720 1400x800
Matthew Horwood/Correspondente/Getty Images News
domino park 1400x800 0720
Spencer Platt/Getty Images

Futebol com distanciamento

O futebol é uma paixão não só dos brasileiros. Para evitar o choque entre os jogadores durante a partida e treinamento, uma quadra de society da Argentina delimitou o espaço para cada pessoa no gramado.

Ao invés de corações ou círculos, neste caso a quadra foi dividida em retângulos. Será que funciona?

futebol pandemia 1 1400x800 0720
Getty Images/Getty Images
futebol pandemia 2 1400x800 0720
Getty Images/Getty Images

Caminhos pelo chão

Praias, escolas e empreendimentos como shoppings também passaram a indicar no chão o caminho que as pessoas devem fazer para não se aproximarem umas das outras.

Nas imagens abaixo, veja uma escola na Inglaterra que usou a tática para manter os alunos distantes, assim como um praia no mesmo país.

escola pandemia 1400x800 0720
Justin Setterfield/Getty Images
praia pandemia 1400x800 0720
Astrid Riecken/Getty Images

Criatividade