explore

Como fazer contestação caso seu auxílio de R$ 600 do governo tenha sido negado

app auxilio emergencial caixa 1400x800 0420
Marcello Casal Jr/Agência Brasil

A Caixa Econômica Federal atualizou o aplicativo e o site do auxílio emergencial de R$ 600. Com isso, pessoas que estavam com o CPF irregular podem tentar o cadastro novamente. Antes, essa opção não estava disponível.

Pessoas inscritas no Cadastro único e trabalhadores informais que tiveram o pedido rejeitado também podem realizar uma nova solicitação caso discordem da análise.

Atualização no auxílio emergencial

O ministro da Cidadania, Onyx Lorenzoni, afirmou que essa medida foi tomada para simplificar o pedido à ajuda financeira do governo e permitir que todos que precisam possam recebê-lo.

Muitas pessoas ainda não conseguiram o benefício e fazem fila em lotéricas e agências para tentar regularizar a situação. Apesar disso, nem sempre o deslocamento é necessário. A aglomeração de pessoas ainda aumenta o risco de transmissão do novo coronavírus.

app auxilio emergencial 1400x800 0420
Marcello Casal Jr/Agência Brasil

Quem receber o aviso “benefício não aprovado”, então, pode verificar pelo próprio site ou aplicativo o motivo para o auxílio ter sido negado e fazer uma contestação. Será possível atualizar os dados para uma nova solicitação.

De acordo com a Caixa Econômica Federal, os principais problemas constatados nos dados das pessoas que tiveram o pedido recusado são:

  • marcação como chefe de família sem indicação de nenhum membro;
  • falta de inserção da informação de sexo;
  • inserção incorreta de dados de membro da família, tais como CPF e data de nascimento;
  • divergência de cadastramento entre membros da mesma família;
  • inclusão de alguma pessoa da família com indicativo de óbito.
dinheiro auxilio 03 20 1400 800
Shutterstock

Auxílio emergencial