Black Friday rendeu notificação do Procon para Burger King e McDonald’s: entenda

mcdonalds burger king 11 19 1400 800 0
Savvapanf Photo/Shutterstock | Shutterstock

Na última sexta-feira (29), aconteceu a Black Friday, mas parece que nem todos os comércios deixaram seus clientes satisfeitos com o dia de promoções.

De acordo com o Programa de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon), oito de dez empresas fiscalizadas foram autuadas e, entre elas, estavam as redes de fast-food McDonald's e Burger King.

McDonald's e Burger King autuados pelo Procon

Os restaurantes McDonald's e Burger King foram autuados pelo Procon na Black Friday. As lanchonetes ofereceram descontos em lanches, mas vários clientes não conseguiram comprá-los com o valor promocional.

burger king 1400x788 1119
Divulgação/Burger King

Em ambos os casos, o desconto só valeria para consumidores que efetuassem o pagamento através do aplicativo Mercado Pago, que não estava funcionando.

Segundo o Procon, as equipes de fiscalização verificaram que várias lojas das referidas lanchonetes estavam com o sistema inoperante e o McDonald’s ainda recebeu uma segunda notificação por falha do próprio aplicativo, que também seria meio de acesso para ofertas exclusivas.

O órgão de defesa do consumidor informou que ambas as redes de fast-food devem responder a um processo administrativo e podem até ser multadas.

Empresas multadas na Black Friday

O Procon ainda informou que encontrou irregularidades em 80% das empresas que foram fiscalizadas na cidade de São Paulo, entre elas: Lojas Americanas, Submarino, Shoptime, Casas Bahia, Ponto Frio, Extra, Magazine Luiza, Carrefour e Mercado Livre.

A falta de informação foi o principal problema encontrado nas lojas físicas e online, já que a maioria não indicava ao consumidor o preço anterior à Black Friday, impossibilitando a análise do desconto e ainda apresentaram folhetos sem o destaque da marca ou modelo do produto que estava com desconto.

Black Friday no Brasil