Novo RG: o que acontece com identidade antiga agora que há versão moderna

documento ilustra 1400x800 0517
AndSim / Itsock

O novo RG já está disponível para moradores do estado de São Paulo. A nova versão do documento de identidade traz informações diferentes sobre o cidadão e a cidadã, além de complementar o sistema de identidade do cartão. Mas o que acontece com a antiga identidade usada?

RG mudou de cara

rg nova versao 0819 1400x474
Divulgação/GovernoFederal

Em 2018 foi determinado, pelo decreto 9.278/2018, que o documento de identidade mudaria de configuração.

São Paulo foi o primeiro estado do Brasil a adotar o novo formato do documento e foi o pioneiro a oferecer o cartão de identidade com cara nova. As demais federações do país tem até 2020 para aderir à formatação da documentação.

O que acontece com antiga identidade?

Segundo comunicado no site do Governo do Estado de São Paulo, os documentos de identidade no modelo antigo continuam valendo normalmente ainda que os novos comecem a ser emitidos.

O RG não tem prazo de validade, mas se tiver mais de 10 anos ou estiver em mal estado, ele pode deixar de ser aceito por alguns órgãos e instituições, como em serviços bancários ou na aquisição de um imóvel, por exemplo. Nesse caso, o documento pode ser reemitido no novo formato.

Mudanças no RG

novo rg documento 0819 1400x1544
Divulgação/SSP

A diferença entre o novo RG e o que está em vigor hoje são muitas, principalmente no que diz respeito as informações e sistema de segurança do documento.

Com dimensões reduzidas, o novo cartão além do número de identidade do cidadão ou cidadã, o título de eleitor, seu número da carteira de habilitação, informa se a pessoa é portadora de doenças ou deficiência (se ela desejar), além de trazer mais mecanismos de segurança contra a falsificação do cartão, como código de barras bidimensional e QR Code.

Além disso, agora há a possibilidade de inclusão do nome social do cidadão ou da cidadã sem que haja a necessidade de alteração do nome no registro civil.

Acesso a direitos do cidadão