Saque do FGTS poderá ser bem maior que R$ 500 em 2020: veja datas de pagamento

carteira de trabalho dinheiro 07 19 1400 800
Shutterstock

O Governo anunciou na última quarta-feira (24) os detalhes para a liberação do saque do FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço). A retirada do dinheiro poderá ser feita a partir de setembro de 2019 e o limite máximo de saque é de R$ 500 por conta, mas a partir do ano que vem, os valores e as datas vão mudar. Confira todos os detalhes e as novas regras!

Saque do FGTS 2020: detalhes

Em 2020, o FGTS ganhará uma nova modalidade de saque, trata-se do saque-aniversário, que permitirá retiradas anuais para quem tem dinheiro no fundo.

Quem optar pelo saque-aniversário deverá comunicar a decisão à Caixa Econômica a partir de outubro deste ano, mas vale ressaltar que o trabalhador que escolher pelas retiradas anuais, não poderá efetuar o saque em caso de rescisão de contrato de trabalho e só conseguirá voltar à modalidade que permite o saque total em caso de demissão sem justa causa, dois anos depois da mudança.

dinheiro moeda real 0918 1400x800
Marcello Casal jr/Agência Brasil

No entanto, quem eleger o saque-aniversário ainda terá o direito à multa de 40% sobre o valor total da conta em caso de demissão sem justa causa e poderá retirar o saldo do FGTS para a compra da casa própria, em caso de doenças graves, aposentadoria ou de falecimento do titular, regras essas que já são previstas em lei.

De acordo com o governo, a migração para essa modalidade não é obrigatória e se o trabalhador não fizer o comunicado à Caixa até a data estipulada, permanecerá na regra anterior e quem optar pela mudança deve ficar de olho nas datas e valores do saque.

Datas

calendario datas fgts 0317 1400x800
Jane Kelly/Shutterstock

O calendário de retirada será de acordo com o aniversário do trabalhador e, por enquanto, o governo só divulgou os meses de saques para quem nasceu no primeiro semestre. Confira:

  • Trabalhadores nascidos em janeiro e fevereiro poderão realizar o saques no período de abril a junho de 2020
  • Trabalhadores nascidos em março e abril poderão realizar o saques no período de maio a julho de 2020
  • Trabalhadores nascidos em maio e junho poderão realizar o saques no período de junho a agosto de 2020.

O cronograma para quem nasceu no segundo semestre ainda não foi divulgado, entretanto, durante o anúncio, o Ministério da Economia informou que, após junho do ano que vem, os saques poderão ser feitos no mês de aniversário do beneficiário.

Já partir de 2021, o Governo informou que o saque deverá ser feito no primeiro dia do mês do aniversário do trabalhador até o último dia útil do segundo mês subsequente. Por exemplo, se o beneficiário faz aniversário no dia 20 de abril, terá de 1º abril até o o último dia útil de junho para efetuar a retirada.

Valores

Neste ano, o limite máximo de saque do FGTS é de R$ 500, mas a partir de 2020, o saque anual será calculado de acordo com saldo da conta do trabalhador.

dinheiro real notas 0818 1400x800
AndreaGold/Shutterstock

Para contas com até R$ 500, será liberado 50% do saldo, mas esse percentual vai diminuindo quanto mais dinheiro o trabalhador tiver no fundo. Veja os percentuais de acordo com os valores:

  • Trabalhadores que tiverem até R$ 500 em conta, poderão sacar 50% do valor
  • Trabalhadores que tiverem entre R$ 500,01 e R$ 1.000, poderão sacar 40% do valor (de R$ 200 a R$ 400)
  • Trabalhadores que tiverem entre R$ 1.000,01 e 5 mil em conta, poderão sacar 30% do valor (de R$ 300 a R$ 1500)
  • Trabalhadores que entre R$ 5.000,01 mil e R$ 10 mil em conta, poderão sacar 20% do valor (de R$ 1000 a R$ 2000)
  • Trabalhadores que tiverem entre R$ 10.000,01 e R$ 15 mil em conta, poderão sacar 15% do valor (de R$ 1.500 a R$ 2250)
  • Trabalhadores que tiverem entre 15.000,01 e R$ 20 mil em conta, poderão sacar 10% do valor (de R$ 1500 a R$ 2000)
  • Trabalhadores que tiverem acima de R$ 20.000,01 em conta, poderão sacar 5% do valor (a partir de R$ 1000)

Além disso, a nova modalidade contará com um escalonamento similar ao que ocorre no cálculo do Imposto de Renda (IR), ou seja, os trabalhadores que tiverem mais de R$ 500 na conta do FGTS receberão a porcentagem acrescida de uma parcela adicional de acordo com a tabela abaixo:

tabela parcela adicional fgts2 07 19 1400 600
Divulgação/Ministério da Economia

Por exemplo, um trabalhador que tenha um saldo de R$ 3.000 na conta poderá retirar 40% desse valor, ou seja, R$ 900. À este valor se soma a parcela adicional, conforme tabela acima, de R$ 150. Neste caso, o valor que poderá ser retirado no saque-aniversário é de R$ 1.050.

Direitos do trabalhador