Após mobilização, história de cachorrinha arrastada pela chuva no RJ tem final feliz

enchente chuvas rio de janeiro 0419 1400x800
Fernando Frazão/Agência Brasil

Nas últimas semanas, o Rio de Janeiro foi castigado por fortes chuvas que provocaram alagamentos e deslizamentos, deixando inúmeros mortos, desaparecidos e desabrigados. Apesar de a situação ter gerado uma comoção a nível nacional, um caso específico se destacou: o da cadela Gaia.

Nos dias que se seguiram ao início das chuvas, postagens mostrando fotos da cachorrinha e comunicando o sumiço dela começaram a circular em massa nas redes sociais, mas, apesar de o início da história ser um bocado trágico, o caso de Gaia teve um final feliz e agora a web não está poupando comemorações.

Desaparecimento de Gaia gerou campanha na web

Tudo começou no dia 8 de abril, quando a dona da labradora preta, Tatiana Castello Branco publicou em suas redes sociais uma foto do animal, avisando que ela muito provavelmente havia sido levada pela correnteza de uma enchente causada pelas fortes chuvas.

“Amigos, Gaia acaba de sumir na enchente do Jardim Botânico, acredito que ela possa ter sido levada pela enxurrada na rua Sara Vilela. Estou desesperada. Quem estiver na área, por favor me ajude. Ela está com coleira de identificação”, escreveu ela, e a postagem não demorou a circular.

Conforme contou a dona ao veículo “O Globo”, a cachorrinha ficava na casa de sua avó e, lá, há uma galeria de águas pluviais que acabou transbordando durante as chuvas. Como tudo aconteceu muito rapidamente, não houve tempo de se fazer nada e, ainda aflita para encontrar o animal, Tatiana compartilhou mais detalhes sobre Gaia – que, inclusive, deixaram a situação ainda mais triste.

De acordo com a dona, que fez mais uma postagem em suas redes sociais, Gaia é surda e não poderia atender a chamados. Conforme o post começou a ser compartilhado, o desaparecimento da cachorrinha viralizou e acabou por tornar-se uma verdadeira campanha.

Tanto no Facebook quanto no Twitter e no Instagram, milhares de pessoas, ONGs e até artistas compartilharam as postagens de Tatiana, que incluíam um telefone de contato para o caso de alguém avistar o animal. Após três dias de campanha online e buscas, porém, veio o alívio: Gaia foi encontrada sã e salva.

Com a notícia, compartilhada por veículos, ONGs e pela própria dona, internautas comemoraram o resgate como se todos fossem donos de Gaia.

Rio de Janeiro