Homenagem do Fantástico a meninos do Flamengo comoveu, mas 1 ponto gerou críticas

A morte dedez meninos por conta do incêndio no CT do Flamengo, o Ninho do Urubu, comoveu o país inteiro e gerou uma homenagem no Fantástico, na TV Globo, às vítimas.

Ao usar os cavalinhos que aparecem no noticiário de esportes da atração, o programa comoveu muita gente nas redes sociais. Uma emoção coletiva pelos sonhos interrompidos desses garotos. Mas um detalhe na homenagem não passou despercebido e gerou algumas críticas.

Homenagem do "Fantástico" a meninos do Flamengo

View this post on Instagram

O Clube de Regatas do Flamengo lamenta profundamente a tragédia que fez dez vítimas fatais no Centro de Treinamento George Helal na madrugada desta sexta-feira (8) e se coloca inteiramente à disposição das autoridades e das famílias para auxiliar na apuração das causas do incêndio e, de alguma forma, minimizar a dor e o sofrimento das famílias dos atletas e funcionários atingidos. ⠀ O presidente do Flamengo, Rodolfo Landim, falou aos jornalistas na manhã desta sexta-feira (8). O dirigente classificou o acidente como "a maior tragédia pela qual o clube já passou nos 123 anos de sua existência". ⠀ "Eu estava até agora envolvido em ações emergenciais e na distribuição de algumas tarefas importantes, só agora consegui me desvencilhar dessas tarefas e vir falar com vocês. Estamos todos consternados. Certamente essa é a maior tragédia pela qual o clube já passou nos 123 anos de sua existência, com a perda dessas pessoas. Queremos tentar minimizar o sofrimento dessas famílias. Estejam certos de que o Flamengo não irá poupar esforços para minimizar ao máximo essa dor. O clube está colaborando com as autoridades para que as causas do incêndio possam ser apuradas. Ninguém mais do que nós tem total interesse para que isso ocorra. Todos no clube estão de luto", disse o mandatário rubro-negro.

A post shared by Flamengo (@flamengo) on

Arthur, Athila, Bernardo, Christian, Gedson, Jorge, Pablo, Rykelmo, Samuel e Vitor. Dez meninos morreram em um incêndio no Ninho do Urubu, CT do Flamengo, na sexta-feira, 8 de fevereiro.

Os atletas, que tinham entre 14 e 16 anos, dormiam em contêineres usados como alojamentos e, segundo alguns jovens sobreviventes, o fogo teria começado em um ar-condicionado.

No quadro esportivo do "Fantástico", da TV Globo, os cavalinhos, bonecos que sempre interagem com o apresentador Tadeu Schmidt tomaram a frente para fazer uma homenagem simbólica às vítimas da tragédia.

"O certo é que essa história continuasse. E que eles fossem reconhecidos pelo enorme talento", diz o jornalista, em um trecho do vídeo abaixo:

View this post on Instagram

#Fantástico homenageia meninos do Flamengo.

A post shared by Fantástico (@showdavida) on

Nas redes sociais, muitos usuários se emocionaram com a mensagem que destacou o talento de cada um dos meninos da base.

Críticas ao Fantástico por homenagem ao Flamengo

Vale ressaltar que, apesar do massivo apoio à homenagem do Fantástico, alguns usuários na rede social criticaram o tom da matéria.

Segundo alguns telespectadores, no formato da homenagem todos os cavalinhos acabam se solidarizando com o clube, usando o escudo do Flamengo, como se a tragédia tivesse sido apenas um acidente e o clube tivesse sido uma vítima, e não um agente responsável pelo caso.

Content temporarily unavailable: https://twitter.com/babee/status/1094953635048579072

Luto pelos meninos do Flamengo