explore

Ministério Público alerta: sites falsos mentem ao pedir doações para Brumadinho

brumadinho moradores lama 0119 1400x800
Pedro Vilela/Getty Images

O Ministério Público de Minas Gerais alertou a população a respeito de campanhas falsas de arrecadação de doações para ajudar as vítimas de Brumadinho. De acordo com o órgão, estão sendo criados sites falsos pedindo dinheiro e donativos.

Por enquanto, há apenas uma conta bancária oficial, vinculada à Prefeitura de Brumadinho, que recebe as doações em dinheiro. Entenda.

Doação de dinheiro para Brumadinho

brumadinho lama parabolcia 0119 1400x950
Pedro Vilela / Getty Images

No Twitter oficial, o Ministério Público alertou sobre aproveitadores, que divulgam contas suspeitas para arrecadar dinheiro fazendo referência à tragédia de Brumadinho.

O MP abriu um canal para que a população denuncie a prática de estelionato, quando os golpistas aproveitam para usar causas ou nomes de entidades para benefício próprio.

"Cuidado com sites falsos criados para reunir donativos que seriam destinados às vítimas da tragédia de Brumadinho. O MP-MG já está recebendo denúncias". O registro de sites suspeitos pode ser feito pelo site do Ministério Público e enviado para o e-mail do órgão (crimedigital@mpmg.mp.br).

Fique atento a mensagens que chegam pelo WhatsApp, Facebook e outras redes sociais que direcionam para sites suspeitos para que seja feita transferência para contas bancárias. Veja as formas oficiais até agora divulgadas.

Formas oficiais de contribuir com Brumadinho

Há uma conta bancária oficial, aberta no Banco do Brasil, para quem quer ajudar as vítimas do rompimento da barragem da Vale. Os dados são: agência 1669-1, conta 200-3 (SOS Brumadinho), CNPJ 18.363.929/0001-40. O recurso será usado para necessidades urgentes da população local afetada, informou o banco.

A Caixa Econômica Federal também abrirá uma conta oficial no nome da Defesa Civil de Brumadinho nesta segunda-feira, 28 de janeiro.

A Cruz Vermelha Brasileira também informou em seu Instagram que está aceitando doações que serão destinadas a Brumadinho por meio do seu perfil no aplicativo PicPay.

Por meio da página oficial no Facebook, a Prefeitura de Brumadinho anunciou que ainda recebe doações materiais, na manhã de domingo.

"O município pede ajuda para as vítimas da tragédia. Precisamos de doações de água potável, alimentos não perecíveis, materiais de limpeza, higiene pessoal e remédios (antibióticos e anti-inflamatórios)", disse a Administração.

A Arquidiocese de Belo Horizonte também criou uma campanha oficial: "Juntos Por Brumadinho". Além de recolher donativos materiais na capital, a entidade mantém uma conta corrente no Banco do Brasil em nome do "Vicariato Episcopal para a Ação Social e Política". Os dados são Agência – 3494-0, Conta Corrente: 26227-7 e CNPJ : 17.505.249/0280-80.

Voluntários em Brumadinho

A ONG Transforma Brasil é responsável por cadastrar os voluntários que estão disponíveis para ajudar nas ações de resgate em Brumadinho. Em publicação mais recente no Instagram, a entidade avisou que são necessários médicos, enfermeiros, psicólogos, assistentes sociais e veterinários que estejam apenas em Belo Horizonte e Região Metropolitana.

View this post on Instagram

#MUDAJUNTOBRUMADINHO: ❗️ATENÇÃO VOLUNTÁRIOS DE BELO HORIZONTE E REGIÃO METROPOLITANA Estamos retomando o movimento de convocação para ajudar a população do município de Brumadinho (MG), atingido pelo rompimento de barragens da Vale no Córrego do Feijão. Em parceria com a ONG mineira @EMissaohope, a plataforma @Transforma.Brasil montou uma ação de emergência para beneficiar as vítimas. AGORA, estamos convocando APENAS pessoas de Belo Horizonte e Região Metropolitana para vagas específicas. Necessidades urgentes: - Médicos (as) - Enfermeiros (as) - Psicólogos (as) - Assistentes sociais - Veterinários Cadastre-se agora e participe! [link na bio] Se você não se enquadra nestes requisitos, compartilhe com os amigos :) Se você preenche esses requisitos e já se inscreveu na outra vaga, NÃO SE INSCREVA NOVAMENTE, JÁ temos seus dados e entraremos em contato. #Brumadinho #SOSBrumadinho #mudaJuntoBrumadinho #TransformaBrasil #Voluntariado #Solidariedade

A post shared by Ⓣ Transforma Brasil Oficial (@transforma.brasil) on

Brumadinho: o que se sabe sobre tragédia