explore

Estas são as formas oficiais de ajudar Brumadinho e as vítimas da tragédia

brumadinho lama helicoptero 0119 1400x800
Pedro Vilela / Getty Images

Diante da comoção gerada pelo rompimento da barragem da Vale em Brumadinho, o Brasil se colocou a serviço das vítimas da tragédia. Desde a ocorrência, na sexta-feira, 25 de janeiro, muita gente tem se mobilizado para ajudar de alguma forma no resgate das pessoas afetadas.

Aqui, compilamos as formas de ajudar Brumadinho oficialmente divulgadas.

Como ajudar Brumadinho: formas oficiais

brumadinho bombeiro lama 0119 1400x800
Pedro Vilela / Getty Images

Cadastro de Voluntários

O cadastro de voluntários no atendimento às pessoas vítimas do rompimento da barragem de Brumadinho está sendo feito pela ONG Transforma Brasil que, até a manhã desta segunda-feira, contava com mais de 3 mil pessoas voluntárias.

No domingo, entretanto, a entidade publicou a informação de que estava necessitando de voluntários específicos: médicos, enfermeiros, psicólogos, assistentes sociais e veterinários que estejam apenas em Belo Horizonte e Região Metropolitana.

View this post on Instagram

#MUDAJUNTOBRUMADINHO: ❗️ATENÇÃO VOLUNTÁRIOS DE BELO HORIZONTE E REGIÃO METROPOLITANA Estamos retomando o movimento de convocação para ajudar a população do município de Brumadinho (MG), atingido pelo rompimento de barragens da Vale no Córrego do Feijão. Em parceria com a ONG mineira @EMissaohope, a plataforma @Transforma.Brasil montou uma ação de emergência para beneficiar as vítimas. AGORA, estamos convocando APENAS pessoas de Belo Horizonte e Região Metropolitana para vagas específicas. Necessidades urgentes: - Médicos (as) - Enfermeiros (as) - Psicólogos (as) - Assistentes sociais - Veterinários Cadastre-se agora e participe! [link na bio] Se você não se enquadra nestes requisitos, compartilhe com os amigos :) Se você preenche esses requisitos e já se inscreveu na outra vaga, NÃO SE INSCREVA NOVAMENTE, JÁ temos seus dados e entraremos em contato. #Brumadinho #SOSBrumadinho #mudaJuntoBrumadinho #TransformaBrasil #Voluntariado #Solidariedade

A post shared by Ⓣ Transforma Brasil Oficial (@transforma.brasil) on

Corrente "Juntos Por Brumadinho"

A Arquidiocese de Belo Horizonte também divulgou informações para arrecadação de materiais e dinheiro em ajuda a Brumadinho. Roupas, alimentos e água estão sendo recolhidos no Bairro Lagoinha, em Belo Horizonte.

A entidade também disponibilizou uma conta corrente no Banco do Brasil em nome do "Vicariato Episcopal para a Ação Social e Política". Os dados são Agência – 3494-0, Conta Corrente: 26227-7 e CNPJ : 17.505.249/0280-80.

Doação de dinheiro para Brumadinho

Há uma conta oficial aberta no Banco do Brasil para receber doações de dinheiro. A Caixa Econômica Federal também avisou que colocará uma conta à disposição, em nome da Defesa Civil.

No Banco do Brasil, a conta corrente tem os seguintes dados: agência 1669-1, conta 200-3 (SOS Brumadinho), CNPJ 18.363.929/0001-40. O recurso será usado para necessidades urgentes da população local afetada, informou o banco.

Os detalhes da conta da Caixa ainda serão divulgados nesta segunda-feira, 28 de janeiro. Segundo a Caixa, a conta será aberta no nome da Defesa Civil de Brumadinho.

Por enquanto, o banco antecipou que as agências em Brumadinho, Betim, Contagem e as unidades de Belo Horizonte funcionarão como ponto de recebimento de alimentos, água, roupas, material de higiene, limpeza e outras doações para os afetados pela tragédia.

A Cruz Vermelha Brasileira também informou em seu Instagram que está aceitando doações que serão destinadas a Brumadinho por meio do seu perfil no aplicativo PicPay.

Doação de roupas, alimentos e materiais

Por meio da página oficial no Facebook, a Prefeitura de Brumadinho anunciou que ainda recebe doações materiais, na manhã de domingo. "O município pede ajuda para as vítimas da tragédia. Precisamos de doações de água potável, alimentos não perecíveis, materiais de limpeza, higiene pessoal e remédios (antibióticos e anti-inflamatórios)", disse a Administração.

No Twitter, no sábado, a Vale destacou locais em Minas Gerais que viraram ponto de arrecadação de doações:

"Doações voluntárias de alimentos não perecíveis, água e materiais de limpeza devem ser encaminhadas para: 18º Batalhão da PM de Contagem, 2 º Batalhão de Bombeiros de Contagem, 66º Batalhão da PM de Betim e 5º Batalhão da PM da Gameleira, em BH".

As informações sobre a necessidade de se angariar doações de alimentos, roupas, itens de higiene são divergentes em virtude do aumento ou diminuição da demanda.

Isso acontece porque, a cada momento, as autoridades enfrentam um panorama de resgate. Por essa razão, declarações do porta-voz da Defesa Civil, inclusive divulgadas em um vídeo publicado pelo órgão, dão conta de que as doações são suficientes.

Falsas campanhas de arrecadação para Brumadinho

O Ministério Público de Minas Gerais alertou a população para tomar cuidado com sites falsos criados para arrecadação de dinheiro para Brumadinho. Recomenda-se consultar apenas as redes sociais e sites de órgãos públicos, como Prefeitura de Brumadinho, Defesa Civil de Brumadinho e do Governo do Estado.

Informações sobre doação, resgate e mais

Dois canais foram colocados à disposição da população pela Vale. Informações sobre desaparecidos ou solicitação de qualquer tipo de assistência emergencial (abrigo, água, cesta básica, roupa, medicamento, transporte) podem ser feitos pelos 0800 285 7000 (Alô Ferrovia - prioritário) e 0800 821 5000 (Ouvidoria da Vale).

Tragédia de Brumadinho