O que Obama falou para a apresentadora Ellen DeGeneres se emocionar tanto?

Matéria publicada em: 23 de novembro de 2016

gettyimages 625104228
Alex Wong / Staff

Em seus últimos dias como presidente dos Estados Unidos, na terça-feira, 22, Barack Obama homenageou com medalhas algumas celebridades em reconhecimento ao mérito civil do país. Dentre as 21 pessoas escolhidas, estavam Michael Jordan, Bill Gates, e a apresentadora de televisão Ellen DeGeneres, que se emocionou com o discurso do político.

Mas, afinal, o que Obama disse de tão emocionante para que Ellen chorasse tanto? Leia abixo o discurso na íntegra.

Por que Obama homenageou Ellen Degeneres?

Ellen recebeu a Medalha da Liberdade pela simbologia e a importância de assumir publicamente a sua homossexualidade, cerca de 20 anos atrás, quando o preconceito era muito maior e praticamente não havia sinais da aprovação docasamento gay no mundo.

A apresentadora assumiu ser homossexual durante uma cena do seu programa no canal americano ABC, “Ellen”, em 1997. A repercussão não foi nada boa na época, sua série foi cancelada porque os índices de audiência caíram e ela levou um bom tempo para conseguir se tornar uma das mulheres mais poderosas da TV americana, segundo ranking do site da Forbes.

ellendegeneresportia getty
Getty Images

Em 2004, Ellen assumiu o relacionamento com a também atriz Portia de Rossi (foto acima), com quem se casou em 2008. Hoje ela mora com a mulher em Beverly Hills, nos Estados Unidos e não tem filhos. 

Obama faz Ellen Degeneres chorar

ellen degeneres 1400x800 2311
Alex Wong / Staff

A apresentadora chorou com as palavras de Obama. Veja abaixo o discurso na íntegra: 

“É fácil esquecer agora, quando chegamos tão longe e diante da igualdade no casamento perante à lei, a coragem que foi necessária para Ellen se assumir há quase 20 anos. Como isso foi importante. Não somente para a comunidade LGBT, mas para todos nós. Ver alguém tão repleta de bondade e luz, alguém de quem gostamos muito. Alguém que poderia ser nosso vizinho, nosso colega ou nossa irmã. Desafiar as nossas próprias suposições nos lembrando que temos mais em comum do que percebemos. Encoraje nosso país na direção da justiça. Que fardo impressionante de ser carregado. Arriscar a sua carreira dessa forma. As pessoas geralmente não fazem isso. E então ter a esperança de milhões em seus ombros”.

“Que dia maravilhoso”, disse Ellen sobre a condecoração em seu Twitter. Veja o vídeo do momento da entrega da medalha publicado por ela na rede social:

Lésbicas pelo mundo