explore

Simone Biles é tão brilhante que atingiu feito histórico em Tóquio apesar de desistir

simone biles olimpiadas 0821 1400x800
Jamie Squire/Getty Images

A medalha de bronze na trave da ginástica artística foi a despedida de Simone Biles das Olimpíadas de Tóquio. Mas mesmo após ter desistido de quatro finais individuais dos Jogos para cuidar de sua saúde mental, a jovem de 24 anos garantiu que seu nome ficará marcado para sempre na história olímpica: em 2021, ela se tornou a 9ª melhor ginasta do mundo e a mulher negra mais vitoriosa em sua modalidade.

Simone Biles é a 9ª melhor ginasta da história

Apesar de ter chegado a Tóquio com o rótulo de favorita ao ouro dos Jogos, Simone precisou se retirar da disputa para preservar a sua saúde mental. Ao longo dos últimos anos, a jovem enfrentou bastante pressão para se tornar uma atleta de elite. A ginasta foi apoiada em sua decisão pela equipe de ginástica dos Estados Unidos, que elogiou a bravura da atleta por priorizar o seu bem-estar.

E mesmo competindo somente na prova final de trave nos Jogos, Biles conseguiu aumentar a sua coleção de conquistas olímpicas.

Com a prata por equipes e o bronze na trave na Tóquio-2020, a norte-americana agora soma sete medalhas olímpicas: são quatro ouros, uma prata e dois bronzes.

simone biles olimpiadas 0821 1400x800 1
Laurence Griffiths/Getty Images

Desde a Rio-2016, a atleta é a única negra no top 10 das maiores campeãs da ginástica. Com as conquistas de Tóquio, a ginasta se mantém na lista e sobe da 10ª para a 9ª posição no ranking.

Confira o top 10 de 2021 das maiores campeãs da ginástica artística abaixo:

  1. Larisa Latynina (Rússia): 3 Olimpíadas - 9 ouros, 5 pratas e 4 bronzes
  2. Vera Caslavska (Tchecoslováquia): 3 Olimpíadas - 7 ouros e 4 pratas
  3. Ágnes Keleti (Hungria): 2 Olimpíadas - 5 ouros, 3 pratas e 2 bronzes
  4. Nadia Comaneci (Romênia): 2 Olimpíadas - 5 ouros, 3 pratas e 1 bronze
  5. Polina Astakhova (Rússia): 3 Olimpíadas - 5 ouros, 2 pratas e 3 bronzes
  6. Nellie Kim (Rússia): 2 Olimpíadas - 5 ouros e 1 prata
  7. Ludmilla Tourischeva (Rússia): 3 Olimpíadas - 4 ouros, 3 pratas e 2 bronzes
  8. Olga Korbut (Rússia): 2 Olimpíadas- 4 ouros e 2 pratas
  9. Simone Biles (EUA): 2 Olimpíadas - 4 ouros, 1 prata e 2 bronzes
  10. Ecaterina Szabo (Romênia): 1 Olimpíada - 4 ouros e 1 prata

Mais sobre as Olimpíadas de Tóquio